Técnica de reciclagem Transforma o chorume em água

Poucos aterros no Brasil que contam com tecnologia para reciclar esse material em algo que possa ser reaproveitado.

Sabe-se que muito do lixo que é produzido vai parar em locais inadequados e acabam poluindo todo um ecossistema. Uma tecnologia inovadora vem sendo implantada no Brasil, no qual é possível transformar o chorume, que é o líquido, que é gerado a partir da decomposição do material orgânico.

Em um aterro de Cariacica, no Espirito Santo, utiliza uma tecnologia que foi criada por brasileiros. O lixo que chega no aterro passa por um processo onde drenam o chorume e depositado em tanques, em seguida, recebe três tipos de produtos químicos e passado por um processo eletromagnético, onde as células são dissociadas e é retirado todo contaminante do líquido. Chegando ao fim, o líquido é filtrado três vezes. Deste modo, pode-se transformar 135 mil litros de chorume por dia em água destilada e adubo por compostagem.

Reciclagem água

Em São Gonçalo, localizado na região metropolitana do Rio de Janeiro, conta com uma sofisticada tecnologia alemã, onde o chorume recolhido do aterro é bombeado para uma miniestação de tratamento que cabe em um contêiner, depois o chorume é filtrado por equipamentos de ponta que possuem micro membranas que só deixam passar as moléculas de água, tendo este como produto final. Vale ressaltar que isto já gerou uma economia de R$ 300 mil em apenas dois meses.

Infelizmente, a água resultante dos dois aterros, por ser muito limpa e não conter os sais minerais, não estão próprias para ingestão ou para tomar banho, mas podem ser utilizadas para regar plantas, molhar estradas e ser utilizado em indústrias.

Fonte: Plant.ai

Guia de Práticas Sustentáveis