SP tem a maior usina de energia solar em telhado do Brasil

O complexo deve gerar energia suficiente para abastecer cerca 360 residências por mês.

Com duas mil placas fotovoltaicas, a usina solar privada de geração distribuída está localizada no telhado da sede do Mercado Livre, na cidade de Osasco, grande São Paulo. A estrutura, construída pela Prátil, tem potência total instalada de 0,5 MWp, o suficiente para abastecer cerca 360 residências por mês.

A usina solar ocupa uma área de 4.700 metros quadrados e a expectativa é de que gere aproximadamente 700 MWh ao ano, o bastante para abastecer metade do complexo. Para se ter uma ideia, esse volume de energia evita a emissão de quase cem toneladas de CO2 por ano para a atmosfera, o que corresponde a 560 árvores plantadas no período.

A usina funcionará através do sistema de compensação de créditos de energia – estabelecido pela Aneel na resolução 482. A energia solar gerada através dos painéis solares é instantaneamente consumida pelo Mercado Livre, gerando uma economia imediata. E o excedente, quando houver, será injetado na rede elétrica e devolvido ao estabelecimento em créditos de energia, que podem ser usados em até cinco anos.

“Acreditamos que a energia solar pode gerar benefícios reais e sustentáveis aos nossos clientes. Pretendemos crescer cerca de 70% por ano em potência instalada no mercado de geração distribuída no país até 2019 e atingir a marca de 95 mil kWp. Quanto mais projetos forem realizados a partir de fontes de energia renováveis, como a solar, melhor será o futuro do sistema elétrico do País”, afirma o responsável pela Prátil, Marcus Rissel.

Fonte: CicloVivo.com.br

Guia de Práticas Sustentáveis