fbpx

Descoberta Japonesa Torna Energia Eólica Mais Barata Que a Nuclear

Energia eólica representa o futuro das formas de geração de eletricidade. 

Novo projeto feito pelo Japão, que consiste no uso de diversas turbinas eólicas, tem o objetivo de inovar o ramo de produção de energia eólica, tornando-o uma das formas de produção de energia mais econômicas.

Alguns grandes projetos de geração de energia eólica, como o TWE Carbon Valley, no estado americano do Wyoming, já estão cobrando menos pelo uso do que a energia gerada pelo carvão – 80 dólares por MW/h, enquanto a energia gerada por carvão custa 90 dólares por MWh.

Vale lembrar que isso é possível mesmo sem subsídios do governo, apenas usando a tecnologia atual de turbinas eólicas.

O portal Análise Internacional de Energia Limpa, também chamado de ICEA, estima que os Estados Unidos possuem 2,2 milhões de km² de potencial para a produção de energia eólica. 

Energia, noticias Japão

Isso significa cerca de 1.360 quilômetros quadrados de terra que poderiam produzir altas quantias de energia eólica. Isso torna o país uma espécie de Arábia Saudita para energia eólica, classificada em terceiro lugar em todo o mundo quando se trata de potencial total para a energia eólica.

Ao usar apenas 20% desses recursos eólicos, seria possível produzir 8,7 bilhões de megawatts/hora de energia a cada ano. Nesse sentido, os Estados Unidos usam cerca de 26,6 bilhões de MW/h anuais, portanto, a energia eólica poderia fornecer um terço da quantia necessária anualmente.

Com a triplicação da capacidade de geração de energia, seria possível suprir a demanda dos Estados Unidos por energia com a simples exploração de 20% dos recursos eólicos disponíveis no país. E é neste sentido que atua um novo projeto criado por uma universidade japonesa.

Energia, noticias Japão

O projeto conta com uma nova forma de tecnologia para a geração de energia eólica

O avanço necessário para tornar a produção de energia eólica ainda mais eficiente foi feito por uma universidade do Japão e é chamado de “lentes de vento”.

A turbina eólica feita de lentes, construída pela Universidade de Kyushu, é um exemplo das muitas inovações que estão acontecendo agora e que podem, em um futuro próximo, transformar essa visão utópica em realidade.

O projeto consiste em uma grande quantidade de turbinas eólicas (cerca de 2.640.000), mas os Estados Unidos, com seus intermináveis ​​quilômetros de pradarias e terras agrícolas, são uma das poucas nações que poderiam realmente implantar uma rede de turbinas eólicas como essa.

A Rússia e a China também são potenciais candidatas quando se trata de países capazes de fazer uso deste sistema sem interromper a produtividade atual do terreno que será utilizado para a geração de energia.

Além da nova tecnologia mais eficiente, milhões de empregos que seriam criados, construindo um sistema de distribuição de energia do século 21 livre das desvantagens geradas pelo uso de combustíveis fósseis.

Energia, noticias Japão
Photo credit: JANEK SKARZYNSKI/AFP/Getty Images

Embora seja uma visão bastante inovadora, a tecnologia necessária para este nível de geração de energia eólica está agora ao nosso alcance, proporcionando a chance de implantar um sistema de produção de energia que faz uso de um recurso gratuito e ilimitado.

Qual a energia renovável mais barata?

energia solar e a energia eólica são consideradas as fontes de energia mais baratas do mundo, pois são provenientes de fontes inesgotáveis.

Qual é a fonte de energia mais utilizada no Japão?

A contribuição do petróleo é de 50,2% do total, com aumentos no uso de energia nuclear e gás natural.

Novo Campus da Google Tem Painéis Solares em Formato de Escama

Cooler Ecológico é Criado Para Substituir Caixa de Isopor

Japoneses Criam Scooter Elétrica Com Espaço Para Pets