Energia Fotovoltaica aumentou Empregos e Novos Investimentos no Brasil em 2020

Setor de energia fotovoltaica manteve seu histórico de crescimento em 2020, atraindo investimentos bilionários e milhares de empregos.

Ainda que o país tenha entrado em crise por conta dos efeitos da pandemia, de acordo um levantamento da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), 2020 foi o ano de recorde em relação a empregos e investimentos para o setor de energia fotovoltaica.

Foram aproximadamente $13 bilhões em investimentos em 2020, incluindo as grandes usinas e os sistemas de geração em telhados, fachadas e pequenos terrenos. O resultado representa um crescimento de 52% em relação aos investimentos acumulados no País desde 2012.

O mercado de energia fotovoltaica proporcionou mais de R$ 3,9 bilhões em arrecadação aos cofres públicos. (Reprodução/Pixabay)

Com os investimentos veio também a geração de empregos, sendo mais de 86 mil vagas criadas em todo o país para os profissionais que atuam na cadeia produtiva do setor. No total, o país terminou o ano com 7,5 Gigawatts (GW) de capacidade instalada em energia solar fotovoltaica, um salto de quase 64% em comparação a 2019.

Em 2020, o mercado solar fotovoltaico proporcionou mais de R$ 3,9 bilhões em arrecadação aos cofres públicos, acréscimo de 52% em relação ao total arrecadado no período entre 2012 e 2019.

Energia Fotovoltaica: Geração Distribuída e Centralizada

As usinas de energia fotovoltaica são a sétima maior fonte de geração do Brasil. (Reprodução/Shutterstock)

No segmento de geração centralizada, o Brasil possui 3,1 gigawatts (GW) de potência instalada em usinas solares fotovoltaicas, o equivalente a 1,6% da matriz elétrica do País. Em 2019, a solar foi a mais competitiva entre as fontes renováveis nos dois Leilões de Energia Nova, A-4 e A-6, com preços-médios abaixo dos US$ 21,00/MWh. Em 2020, o Governo Federal não realizou novos leilões de energia renovável, devido à pandemia.

Atualmente, as usinas solares de grande porte são a sétima maior fonte de geração do Brasil, com empreendimentos em operação em nove estados brasileiros, nas regiões Nordeste (Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte), Sudeste (Minas Gerais e São Paulo) e Centro-Oeste (Tocantins). Os investimentos acumulados deste segmento ultrapassam os R$ 15 bilhões.

(Reprodução/Pixabay)

Ao somar as capacidades instaladas nos segmentos de geração distribuída e geração centralizada, a fonte solar fotovoltaica ocupa o sexto lugar na matriz elétrica brasileira, atrás das fontes hidrelétrica, eólica, biomassa, termelétricas a gás natural e termelétricas a diesel e outros combustíveis fósseis. A fonte solar já representa uma potência instalada 32% maior do que a somatória de toda de termelétricas a carvão e usinas nucleares, que totaliza 5,6 GW.

No segmento de geração distribuída, são 4,4 GW da fonte solar fotovoltaica, que representam R$ 20 bilhões em investimentos acumulados desde 2012, espalhados pelas cinco regiões do Brasil. A tecnologia solar é utilizada atualmente em 99,9% de todas as conexões de geração distribuída no País, liderando com folga o segmento.

O Brasil possui mais de 350 mil sistemas solares fotovoltaicos conectados à rede, trazendo economia e sustentabilidade a cerca de 450 mil unidades consumidoras. Ela está presente em todos os Estados brasileiros, sendo os 5 maiores em potência instalada, respectivamente: Minas Gerais, Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso e Paraná.

Potencial Brasileiro em Energia Fotovoltaica

(Reprodução/Shutterstock)

O potencial energético do país também pesa quando se fala no assunto, já que o Brasil, como um país tropical, possui alto índice de raios solares durante o ano. 

Embora o potencial seja grande, o setor ainda tem muito o que crescer no país. Ainda de acordo com a Associação, as usinas solares de grande porte são a sétima maior fonte de geração do Brasil, com empreendimentos em operação nos estados: Tocantins, Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Minas Gerais e São Paulo.

Artigo
Título
Energia Fotovoltaica aumentou Empregos e Novos Investimentos no Brasil
Resumo
Setor de energia fotovoltaica manteve seu histórico de crescimento em 2020, atraindo investimentos bilionários e milhares de empregos.
Author
Publisher Name
Portal Ekko Green
Publisher Logo