Gigante Varejista Terá Lojas Abastecidas por Energia Solar

Em parceria inédita com empresa de gestão de energia, Magazine Luiza receberá 9307,1 MWh anualmente para cerca de 214 lojas.

O varejista Magazine Luiza, fechou um acordo com a francesa GreenYellow (especializada em Gestão de Energia), referente ao fornecimento de energia solar para cerca de 214 lojas de sua rede.

De acordo com a gigante varejista o contrato funciona na forma de aluguel. Por isso, a empresa não irá instalar as placas de fotovoltagem (que são os aparelhos para a captação da energia solar), mas sim utilizar a energia captada pela GreenYellow. A expectativa da rede de lojas é de que a energia solar seja entregue em meados de 2021, momento em que todas as lojas selecionadas funcionarão à base de 9307,1 MWh em energia sustentável.

Ao todo, a GreenYellow investiu cerca de R$ 18 milhões na captação de energia fotovoltaica das usinas de Florestópolis (Paraná), Riolândia e Coroados (São Paulo). De acordo com a multinacional francesa, em conjunto, essas usinas têm a capacidade de gerar 4.861 KWp de potência, quantidade o suficiente para prover aproximadamente 4 mil casas.

Magalu decidiu seguir as tendências do estilo de gestão sustentável em suas lojas, utilizando energia solar. (Reprodução/Youtube)

De acordo com Pierre-Yves Mourgue, diretor-presidente da GreenYellow, além da contratação de energia solar, fornecerão ao Magalu o serviço de operação e manutenção das usinas. 

“Este é um pilar muito importante nessa parceria, pois a GreenYellow tem como um dos seus diferenciais de mercado o fato de contar com um time especializado dedicado ao monitoramento de energia, responsável por coletar os indicadores importantes e programar as ações de manutenção das usinas. Trata-se de um trabalho muito específico, no qual nos destacamos e temos amplo know how”, afirma.

Além do Magazine Luiza, a empresa francesa atende as varejistas Assaí Atacadista, Extra Supermercado, Leroy Merlin, Lopes Supermercado, Minuto Pão de Açúcar, Pão de Açúcar e Via Varejo.

Energia Solar é o futuro do Varejo

Desde a baixa no preço da energia solar em 2010, o setor que mais tem utilizado dessa energia sustentável é o varejo (nos segmentos de serviços e comércio), segundo informações da Associação Brasileira de Energia Fotovoltaica (Absolar). Por esse motivo, a Magalu decidiu seguir (ainda que tardiamente) as tendências do estilo de gestão sustentável: benéfica pelo viés econômico e, o mais importante, sustentável.

“O modelo de aluguel de energia solar é interessante para empresas que tenham outra atividade fim. Assim, elas podem centralizar seus esforços no que é mais importante para o negócio, enquanto fazem até mesmo economia com energia”, diz o presidente executivo da Absolar, Rodrigo Sauaia.

Outras Empresas no compromisso com a Energia Limpa

Grandes negócios terão uma oportunidade fantástica de ajudar a construir um futuro mais sustentável, utilizando energia solar. (Divulgação/Apple)

Grandes empresas com operações em todo o mundo, têm investido de maneira contínua na adoção de melhores práticas de energia renovável (limpa). A Apple, gigante de eletrônicos americana, recentemente assumiu o compromisso de, até 2030, eliminar emissões de carbono em toda sua cadeia de valor neutra.

Desde 2018, que 100% das instalações da empresa (nos 43 países) trabalham com energia limpa, incluindo data centers, lojas, instalações e escritórios. Agora, ela planeja zerar a sua pegada de carbono. Para Tim Cook, CEO da Apple, com o cumprimento desse compromisso, os negócios terão uma oportunidade fantástica de ajudar a construir um futuro mais sustentável. 

“As inovações de nossa jornada ambiental não são boas apenas para o planeta. Elas nos ajudaram a fazer produtos mais eficientes e trazer novas fontes de energia limpa. Ações climáticas podem ser a nova fundação de uma nova era de inovação, criação de empregos e crescimento econômico durável”, comemora.

Leia Também

No post here!