Salsinha: Para Que Serve, Como Usar e Como Plantar

A salsinha é uma das plantas aromáticas mais utilizadas como tempero na culinária, também conhecida como cheiro verde.
salsinha

​A Salsa, também conhecida como Salsinha, Salsa-comum, Salsa-de-comer ou Salsa-hortense, é uma planta medicinal muito utilizada no tratamento de doenças renais, como infecção urinária e pedras nos rins, e no tratamento de problemas como gases intestinais, prisão de ventre e retensão de líquidos.

Ela pode um excelente aliado para quem sofre com retenção de líquidos e para tratar várias doenças como pressão alta, diabetes, entre outras. Rica em vitaminas e minerais ela pode ser uma excelente forma de aumentar a imunidade.

Se você deseja cultivar a salsinha, ela pode ser plantada em vasos, assim como em canteiros e é uma planta de fácil cultivo, que exige poucos cuidados diários.

A salsinha é uma das hortaliças mais queridas na hora de cozinhar, ela é extremamente utilizada na cozinha brasileira. Ela possui um poder incrível de realçar os alimentos, mas a salsinha vai muito além de um tempero, ela pode tratar diversas doenças.

Além do seu consumo habitual como tempero, a salsinha ainda pode ser ingerida em forma de suco ou chá! Por isso, além de ser considerada um tempero a salsinha é considerada uma erva medicinal!

A salsinha tem sua origem na região mediterrânica central, possivelmente vinda da Itália ou Tunísia. Aqui no Brasil ela também pode ser conhecida como cheiro verde.

Quais são os benefícios da salsinha?

A salsinha tem muitos benefícios ela pode ser usada tanto como uma erva aromática em várias receitas, assim como em chá e sucos para combater diversos problemas de saúde.

  • Infecções urinárias, pois tem ação diurética e antibacteriana;
  • Evita a pedra nos rins já que elimina os excessos de líquidos;
  • Sua ação diurética melhora a hipertensão e a retenção de líquido; 
  • Tem alto valor de antioxidantes, que combate o câncer, evita o envelhecimento precoce, previne doenças cardíacas, melhora a pele e a digestão;
  • Previne gripes, fortalece o sistema imunológico já que ela é rica em vitamina C;
  • Previne AVC e trombose já que evita a formação de coágulos no sangue;
  • Ela também melhora a diabetes e combate a anemia, pois é rica em ferro e ácido fólico.

A salsinha tem os seguintes nutrientes:

Vitaminas: A, B1, B2, C e D.

Minerais: Cálcio, Magnésio, Ferro e Zinco.

Ela pode ser consuma como temperos, chás e sucos, mas cuidado o consumo do chá em excesso pode ser abortivo. Isso porque a salsinha possui uma alta quantidade do ácido oxálico.

Informação Nutricional

Fontes: USDA

Quantidade por 100 gramas
Calorias 36
Gorduras Totais 0,8 g
Gorduras Saturadas 0,1 g
Gorduras Poliinsaturadas 0,1 g
Gorduras Monoinsaturadas 0,3 g
Colesterol 0 mg
Sódio 56 mg
Potássio 554 mg
Carboidratos 6 g
Fibra Alimentar 3,3 g
Açúcar 0,9 g
Proteínas 3 g
Vitamina A8.424 IUVitamina C133 mg
Cálcio138 mgFerro6,2 mg
Vitamina D0 IUVitamina B60,1 mg
Cobalamina0 µgMagnésio50 mg

Como Plantar Salsinha?

Para o plantio, primeiro deixe as sementes de salsa de molho por 24h, para ajudar na germinação, e depois deixe secar por 1h. Agora você pode colocar as sementes no solo e fazer a primeira rega. É só esperar as mudas de salsinha crescerem e ficar atento aos tratos culturais.7 de mai. de 2018

Já no primeiro ano do plantio, ela pode atingir de 10 a 25 centímetros de altura na fase vegetativa. No segundo ano, ela pode desenvolver um caule que pode atingir 75 centímetros de altura. 

Ela é uma planta bem adaptável por isso, seu cultivo pode ocorrer em vasos ou em canteiros. A salsinha cultivada no Brasil é da família Apiaceae e pertence a dois grupos (P. crispum neapolitanum group; syn. P. crispum var. neapolitanum). É uma espécie que tolera bem a chuva e sol em maior quantidade, sendo uma variedade de hortaliça de fácil cultivo.

Tipos de solo para cultivar a salsinha

A salsinha gosta de solo areno-argiloso com boa matéria orgânica e com boa drenagem, mas como ela é uma planta rustica ela pode se desenvolver bem em outros tipos de solo também.

A planta tem um ótimo crescimento em regiões de clima temperado, entre 10 °C e 24 °C. Em regiões mais quentes o excesso de sol e calor pode fazer com que a salsinha se desenvolva mais rapidamente.

Preparação do solo para plantar a salsinha

Antes de realizar o plantio é recomendado realizar uma análise do solo, para ver quais são as deficiências de nutrientes. Para correção e preparação do solo para o plantio, pode ser adotado a adubação química ou orgânica.

Sempre que for realizar a adubação você deve misturar bem a terra com o adubo para que os nutrientes sejam bem absorvidos e distribuídos na terra para o plantio.

O solo perfeito para plantar a salsinha, deve ter boa fertilidade e pH 6 a 6,5.  A recomendação de adubação é aplicar de 10 a 18 gramas por metro quadrado de P2O5, 06 a 08 gramas de K2O no plantio. O nitrogênio deve utilizado em forma de cobertura sobre a terra, aplicado uma ou duas vezes no ano, a quantidade por metro quadrado é de 02 a 03 gramas por metro quadrado.

Qual é a melhor maneira de plantar a salsinha?

Para o plantio a salsinha não necessita de muito espaço, suas sementes são fáceis de serem encontradas em supermercados, lojas agropecuária e lojas de jardinagem.

A plantação deve ocorrer já no local que a planta irá se desenvolver, lembrando que a planta deve ser plantada em local que receba bastante sol.

O tempo para as sementes germinarem é de 2 a 6 semanas, se você deseja acelerar a germinação, deixe as sementes de molho por 24 horas na água, antes de plantá-las.

O ideal é plantar de 2 a 3 gramas de semente por metro quadrado. No momento que as plantas atingirem de 4 a 5 centímetros de altura, é recomendável realizar um desbaste para que elas se desenvolvam melhor.

Caso deseje plantar em vasos, eles devem ser grandes, para que aconteça o atrofiamento das raízes, que podem chegar até 50 centímetros de profundidade. 

O melhor espaçamento para plantar é:

  • O distanciamento entre as fileiras para o plantio devem ser de 15 a 20 centímetros;
  • Já a distância entre as plantas deve ser de 3 a 5 centímetros;
  • A profundidade para o plantio da semente não deve ultrapassar 1,5 centímetros.

As sementes devem ser cobertas com terra peneirada, sem nenhum torrão para evitar que o ar entre em contato direto com as sementes.

Cuidados após a germinação das sementes

 A irrigação deve manter o solo umedecido apenas, não pode encharcar para não prejudicar as plantas. A manutenção de ervas daninhas deve ser feita manualmente, fique atento para pragas e doenças como o queima-das-folhas, vaquinha, lagartas, pulgões e cochonilhas. 

Colheita da salsinha

 A salsinha está pronta para ser colhida entre 60 a 90 dias após o nascimento, o ponto de colheita a salsinha deve estar 12 a 16 centímetro de altura. Quando for colher não ultrapasse um terço das folhas por planta. Retira as folhas com o talo, comece retirando as folhas mais velhas. A cada 30 dias pode ter uma colheita com a rebrota.

Quais os benefícios da salsinha com limão?

Esse tempero é um poderoso diurético, que ajuda a reduzir o inchaço e diminuir a barriga.

Salsinha gosta de sol ou sombra?

Um ambiente com muito sol é o mais adequado para o plantio de salsinha, hortaliça que gosta de local bem iluminado.

Qual é a época de plantar salsa?

A época ideal para plantio é quando os dias não estão muito quentes ou muito frios, ou seja, evite os dias extremos. Os meses mais indicados são entre abril e junho.