fbpx
Continua após a publicidade..

Horta Em Casa: Como Fazer e O Que Plantar? (+4 Exemplos)

Tudo que você precisa saber para cultivar alimento orgânico com uma horta em casa. Aprenda como preparar o solo, o que plantar e quando plantar.
horta em casa vaso com plantas

O Que É Uma Horta?

A horta ou horto é um local em que são cultivados legumes e hortaliças. Nela também podem plantar-se temperos e ervas medicinais. As hortas geralmente localizam-se em um terreno que recebe sol o dia todo, plano ou levemente inclinado, com terra fértil que possa ser adubada.

Wikipedia
horta-em-casa-2

Essa é a definição de Horta segundo o Dicionário Nacional:

A horta é um terreno onde são cultivados legumes e hortaliças. Nela também podem plantar-se temperos e ervas medicinais.

Vantagens e Benefícios de Uma Horta em Casa

Certeza da procedência do alimento

Ter a certeza que o alimento que você está consumindo não recebeu nenhum adubo químico ou inseticidas, traz uma tranquilidade e segurança para você e sua família.

O blog do Thiago Orgânico cita:

“Uma das grandes vantagens em ter sua própria horta orgânica é ter a certeza de que os frutos, ervas e folhas colhidos são realmente orgânicos e ricos em nutrientes, ao contrário de alimentos processados e industrializados que carregam em sua composição inúmeros ingredientes químicos, o que leva a perda de parte do seu valor nutritivo.”

Uma fonte de relaxamento

“Ter uma horta em casa não é apenas ter uma boa saúde, e sim ter um ótimo estado mental, servindo quase que como uma terapia verde, um momento para se esquecer dos problemas, focar em suas ervas e aliviar o estresse, dessa forma divirta-se fazendo sua alimentação e entrando em contato consigo mesmo.”

Fonte: Blog do Jardineiro.net

Economia

Os preços dos alimentos estão cada dias mais elevados nos supermercados, chegando a patamares abusivos. Mudas e sementes são muito mais baratas e você consegue garantir a qualidade e procedência do seu alimento. Além de fazer bem para sua saúde, uma horta caseira faz bem para o seu bolso.

Sustentabilidade

Ter uma horta em casa é uma prática extremamente sustentável.

  • Você vai gerar menos lixo,
  • Não estimula o desmatamento e o aquecimento global.
  • Não polui o solo os rios e
  • Não é conivente com o trabalho análogo ao escravo.

Com uma horta caseira você vai compreender que através de simples mudanças de hábitos é possível contribuir com a qualidade de sua saúde.

Por Onde Começar Sua Horta em Casa?

Plantar temperos na sua cozinha é a forma mais fácil de começar a sua horta caseira. Você terá tudo que mais utiliza nos seus preparos, frescos e orgânicos!

Escolha ideal para o seu espaço

Quem mora em apartamento naturalmente não vai poder cultivar hortaliças muito grandes mas é possível garantir temperos e ervas medicinais. Temperos como salsinha, coentro, cebolinha, manjericão, pimenta, boldo, sálvia, alecrim, camomila, etc.

Também é possível criar uma horta vertical para otimizar o seu espaço.

Quintal pequeno ou sem terra

Canteiros dentro de caixotes que possam ser furados na base para que o excesso de água possa ser liberado são ideais. Também é possível construir canteiros de alvenaria, perto do muro do quintal ou dos corredores da casa.

Quintais grandes ou terrenos

horta-caseira-01

Qualquer pedacinho de terra pode ser aproveitado para plantar alimentos e temperos. Uma área de seis a dez metros é ideal para fornecer hortaliças para uma pessoa, então para quatro pessoas o ideal seria 40 metros.

Mas antes de sair plantando você deve ter alguns cuidados com o solo, como preparar a terra, adubar.

O espaço reservado à horta precisa:

  • Receber luz do sol durante boa parte do dia.
  • Ter acesso à água limpa.
  • Ficar a pelo menos, cinco metros de distância de privadas, esgotos e áreas contaminadas.

Leia também: Como fazer uma horta em 1m2

Sementes e Mudas

horta caseira sementes

Muitos envelopes trazem no verso o mapa do Brasil. Este mapa geralmente está dividido por cores. No caso da marca “x” abaixo, a cor predominante é a amarela, que corresponde ao nordeste, centro oeste, norte e parte do sudeste. A cor marrom, corresponde ao sudeste, e finalmente a azul à região sul. Outras marcas podem ter diferentes esquemas de cores, fique atento.

A embalagem também geralmente indica a “Época de Plantio”. No caso do nosso exemplo, é uma tabela, ao lado do mapa do Brasil. Nesta tabela estão os meses do ano, de janeiro a dezembro. Correspondendo aos meses do ano, temos uma faixa colorida, com uma das cores citadas acima no mapa do Brasil.

Nesta mesma tabela, na parte mais baixa, temos a “Época indicada para plantio”, e “Época mais indicada para plantio”. Nem sempre estas informações estão especificadas, mas as principais marcas já se preocupam em listar estas relevantes informações;

Uma alternativa para garantir o bom desenvolvimento das plantas é utilizar sementeiras., que podem ser feitas até mesmo de isopor para cultivar suas mudas. Após o desenvolvimento de folhas definitivas, deve-se realizar o transplante para o solo. O transplante de mudas garante um melhor aproveitamento das sementes. Ao mesmo tempo em que fortalece as plantas para se desenvolverem de acordo com o esperado.

Fonte: Jardineiro.net

Mudas

horta caseira mudas

Na hora de transplantar uma muda, deve-se considerar o seu possível crescimento. O repolho, por exemplo, é uma muda que precisa de mais espaço. Então você deve deixar aproximadamente 60 cm entre uma muda e outra para permitir seu crescimento. Como o tempo de crescimento do repolho é lento, é interessante usar o espaço entre as mudas de repolhos para transplantar alfaces, por exemplo, que precisam de menos espaço e têm um crescimento rápido.

O mesmo raciocínio é válido para couve-flor, berinjela, pimentão, tomate e muitas outras hortaliças que precisam de mais espaço e têm um crescimento lento. Estas podem ser intercaladas por almeirão, agrião, cebolinha, rabanete e rúcula.

Fonte: Ecycle.com.br

Solo

horta caseira solo

Preparar o solo é um passo muito importante para quem quer aprender como fazer uma horta em casa, pois é por meio dele que a planta receberá seus nutrientes. O solo deve ser fértil e “fofo” (na densidade adequada) para que a entrada de nutrientes coincida com o crescimento do sistema radicular e sua nutrição.

Além da nutrição, existe a preocupação com irrigação do solo, que deve manter-se úmido, mas nunca encharcado, para que não ocorra a proliferação de fungos ou bactérias. O solo para produzir em vasos, muito conhecido como substrato, deve ser preparado e ter tido a adubação orgânica correta.

Ph do Solo

O pH do solo também é um fator de extrema importância. Estudos indicam que a faixa ideal de pH para hortaliças está entre 5,5 e 6,5, esses valores podem ser atingidos e controlados por meio da adição de nutrientes ao solo.

Recomenda-se que a adubação orgânica pré-plantio, seja realizada entre os meses de setembro a março, quando o clima está mais quente e úmido, favorecendo assim, a absorção dos nutrientes.

Adubação

A prática da adubação consiste em repor os nutrientes retirados do solo pelas plantas e pela chuva. Um jardim bem adubado cresce mais rápido e sem pragas. Isso vale para espécies cultivadas em jardins e também para aquelas plantadas em vasos, jardineiras ou canteiros internos.

Os adubos são divididos em dois grupos: orgânicos e inorgânicos. Os orgânicos são aqueles provenientes de matéria vegetal ou animal, como o húmus de minhoca e a farinha de osso. Eles têm maior permanência no solo, embora sejam absorvidos mais lentamente. Já os inorgânicos, chamados de NPK, são obtidos a partir da extração mineral e contêm em suas fórmulas maior quantidade de nitrogênio (N), fósforo (P) e potássio (K). A concentração dos adubos inorgânicos é mais forte, por isso eles são absorvidos mais rapidamente.

  • O nitrogênio (N) estimula o crescimento e favorece o desenvolvimento das folhas e do caule. Sua ausência torna a vegetação sem viço.
  • O fósforo (P) é importante para a reprodução das plantas. Estimula o crescimento das raízes, o florescimento e a maturação dos frutos.
  • O potássio (K) melhora a resistência a doenças e intensifica a cor das folhas e dos frutos, melhorando o sabor destes.

Irrigação

horta em casa irrigação

Nos três primeiros dias após o transplantio das mudas, a recomendação é que a rega seja feita de manhã e à tarde, ou até que as plantas estejam bem pegas. Daí em diante, a quantidade de água vai variar de acordo com a hortaliça e a temperatura local.

Por isso, observe atentamente a plantação até decidir qual é a freqüência mais adequada para as regas. Geralmente uma rega diária é suficiente tanto para as sementeiras como para as hortaliças mais exigentes em água. Em dias muito frios, evite a rega à tardinha.

Em relação ao cultivo de hortaliças, por se tratar de plantas de curto ciclo, a necessidade de irrigação é constante, sendo diária, dependendo da idade das plantas. Durante a fase de produção de mudas, a irrigação deve ser realizada diariamente, utilizando pouca água e uma frequência maior, três vezes por dia.

Continua após a publicidade..

À medida que as plantas vão se desenvolvendo, a irrigação deve ser diminuída em frequência e aumentada em volume, podendo-se irrigar as plantas jovens uma vez ao dia, e plantas adultas de três a quatro vezes por semana. Cabe salientar que as condições de temperatura, mencionadas no parágrafo anterior, devem ser levadas em consideração.

Controle de pragas e doenças

horta em casa pragas e doenças

Quando se pensar em produzir orgânico, é indispensável que seja feita tanto a prevenção, quanto o controle de pragas. Sendo que existem diversas formas de controlar pragas na horta orgânica, a maioria delas envolve receitas simples e com ingredientes acessíveis.

Pulgões, lesmas, lagartas e cochonilhas são os inimigos mais comuns. Infestações quando detectadas no início são muito fáceis de controlar, seja através da catação manual, seja, com o uso de inseticidas orgânicos e receitas caseiras.

Ferramentas

horta em casa ferramentas

Ainda que a sua horta caseira seja pequena, precisará de algumas ferramentas básicas. São itens simples e muito conhecidos, ainda que você não esteja muito familiarizado com o hábito de plantar.

São eles:

  • Ancinho (que penteia o solo para receber as sementes após o processo da sementeira)
  • Pá de plantar
  • Pá larga para transplante de mudas
  • Regador jato fino ou chuveiro
  • Enxada grande/pequena (para cavar)
  • Tesoura de poda
  • Faca de colheita

Durante o processo de cultivo (plantio/desenvolvimento/colheita) você precisará de alguns materiais indispensáveis para o desenvolvimento da horta. Tais como:

  • Substrato
  • Balde
  • Carrinho de mão (caso a horta seja grande, pois precisará transportar os materiais)
  • Cesto para colheita

Quando Plantar?

Existem bons calendários de plantio à disposição em livros de horticultura. Abaixo você encontra um calendário de plantio:

calendário agrícola

Tudo que você precisa saber para cultivar alimento orgânico com uma horta em casa. Aprenda como preparar o solo, o que plantar e quando plantar.

O que plantar em uma pequena horta?

horta caseira mudas

Em uma horta podem ser plantadas diferentes tipos de hortaliças:
Raízes: Cenoura, rabanete, batata doce    
Bulbos: alho, cebola, beterraba
Folhas: Alface, almeirão, chicória, couve, espinafre, repolho
Frutos: Berinjela, tomate, pepino, pimentão, jiló, quiabo, abóbora, feijão-vagem
Flores: Couve-flor, brócolis   
Ervas: hortelã, manjericão, alecrim, mostarda, orégano, cebolinha, salsa, coentro
Cada hortaliça possui características próprias quanto ao ciclo de vida, época preferencial de plantio, necessidade de água, exigências nutricionais. Por exemplo,  na época das chuvas muitas vezes temos problemas com encharcamento do solo, dificultando colheita de raízes e bulbos.

Quais são os tipos de horta?

Esses são os principais tipos de horta
Horta domiciliar ou urbana. Cultivada em áreas reduzidas, como canteiros em casas ou em varandas de apartamentos.
Horta caseira: Cultivadas em quintais maiores, fundos de casas, sítios ou chácaras. …
Horta comercial ou industrial: Com finalidade de comercialização e obtenção de lucros, produzindo hortaliças em larga escala.

Redação EkkoGreen

Redação EkkoGreen

A equipe do Portal Ekko Green é dedicada à causa da sustentabilidade. Nosso foco é trazer informações precisas e inspiradoras, sempre buscando as últimas tendências no mundo verde. Acreditamos no poder da informação para criar um futuro mais sustentável.

Seriam as Árvores de Micro Turbinas Eólicas uma Solução Para Energia em Espaços Urbanos?

JAC Lança o Carro Elétrico e-JS3 para Competir com o Dolphin

O2: A Turbina de Maré Mais Poderosa do Mundo Chega aos EUA

EkkoGreen Newsletter

Descubra um Mundo Mais Verde!

A cada edição, trazemos a você histórias inspiradoras, inovações em energia limpa, veículos elétricos, arquitetura sustentável e muito mais.