Startup Brasileira Cria Bicicleta Elétrica Sustentável Conectada à Internet

Bicicleta elétrica é opção ecológica de transporte alternativo e funciona por meio de aplicativo próprio ao conectar à internet.

Entre as poucas opções de meio de transporte não poluentes que existem atualmente, uma startup brasileira resolveu se destacar com a mais popular delas: as bicicletas. A empresa Vela, pensando nas pessoas que têm o costume de utilizá-las como meio de transporte, resolveu criar um modelo de bicicleta elétrica que funciona por meio de um aplicativo próprio.

De acordo com Victor Cruz, CEO e fundador da startup, todo o funcionamento da bicicleta se realiza a partir do aplicativo que se conecta via bluetooth ao aparelho celular do usuário. 

Dentre seus serviços estão desde o simples comando como ligar/desligar a bicicleta, trava remota e alarme; até os mais específicos, como seleção de níveis de potência do motor, acelerômetro para ajuste fino e automático do auxílio do motor; e o acionamento automático dos faróis.

Além deles, o aplicativo também oferece um mapa de ‘calor’, que armazena dados do comportamento do usuário e, a partir disso, o aplicativo pode, por exemplo, mostrar em quais ruas têm mais buracos ou que a pavimentação não é tão boa, por meio da trepidação. Ele também avisa o usuário qual o ponto de recarga mais próximo, no momento em que a bateria chegar a 10%. São, ao todo, 30 pontos espalhados pela cidade de São Paulo até o momento.

(Divulgação/Velo)

Outro serviço que garante uma experiência única para o usuário, é o fato de que o aplicativo auxilia até mesmo na automação da velocidade: caso esteja em uma subida, o aplicativo entende que a bicicleta deverá acelerar mais, caso esteja em uma descida, a bicicleta irá diminuir sua velocidade. O aplicativo também identifica qual a posição em que a bicicleta está (se está deitada ou em pé), notificando o usuário.

Dentre outros serviços prestados pelo aplicativo, estão:

  • nível de bateria (com porcentagem precisa);
  • nível de potência;
  • velocidade em km/h;
  • quilômetros rodados;
  • localização GPS

Victor afirma que o aplicativo pode ter muitos outros serviços a serem incluídos em sua cartela. “Com base no comportamento dos usuários, a Vela vai saber onde são os melhores locais para estabelecer pontos de recarga rápida. Não se trata de uma solução estática, ela está em constante evolução. A ideia é que o aplicativo da Vela 2 ofereça um leque completo que otimize a experiência daqueles que escolheram a bike elétrica como meio de mobilidade”. 

O mais interessante é que, dentre tanta diversidade de comodidades, caso o usuário queira, poderá transferir o acesso a bike para outro usuário: basta que tenha o aplicativo instalado em seu aparelho móvel.

Estrutura Moderna da Bicicleta Elétrica

Como principal diferencial da bicicleta elétrica, se destaca o freio regenerativo, que viabiliza em até 15% de autonomia para o usuário. (Divulgação/Velo)

Depois de dois modelos já lançados (Vela 1 e Vela S), a startup tem na Vela 2, diferenças notáveis em relação às antigas bicicletas. Segundo Victor, a ideia do novo modelo de bicicleta elétrica, foi aperfeiçoá-lo para que seja utilizada como meio de transporte seguro e completo para os centros urbanos. 

“A Vela 2 pode sim ser considerada um mix da Vela 1 com Vela S, mas com alguns acréscimos específicos para ela. Temos uma relação muito próxima com nossos clientes e muitos desses aperfeiçoamentos provêm exatamente do feedback deles”, finaliza. Além de CEO da Velo, Victor também é engenheiro e responsável por todos os projetos da empresa.

Como principais diferenciais, se destacam o freio regenerativo, que viabiliza em até 15% de autonomia para o usuário; precisão melhorada do sensor de pedal (de acordo com Cruz, a ferramenta é duas vezes maior que as anteriores, com seis vezes mais sensibilidade); alongamento dos paralamas para proteção de calçados e; a adição de um mudflap para proteger a peça ao descer de uma calçada, por exemplo.

Facilidade e Sustentabilidade da Bicicleta Elétrica

Victor Cruz, CEO e fundador da empresa Vela de bicicleta elétrica. (Divulgação/Velo)

Segundo seu fundador, a Velo firmou parceria com três ONGs relacionadas à preservação do meio ambiente, através de práticas sustentáveis na produção e venda da bicicleta elétrica

De cada três bicicletas vendidas, a Velo doará uma 100% feita de madeira, produzida pela organização Raízes do Fazer e que será distribuída pela ONG Bike Anjo, que mobiliza a utilização de bikes nas grandes metrópoles. Além disso, a empresa se comprometeu a plantar árvores em parceria com a organização Copaíba, atuante no reflorestamento da Mata Atlântica, de forma a compensar a matéria prima que é utilizada na produção dos veículos.

(Divulgação/Velo)

“A Vela não é apenas uma empresa que fabrica bicicletas elétricas. Nós procuramos disseminar um estilo de vida que consideramos mais leve e mais sustentável, não só para o indivíduo, mas para a sociedade de maneira geral. Essas parcerias são uma forma de propagar ainda mais aquilo em que acreditamos, mas também é o modo que encontramos de devolver para o meio ambiente os recursos de que necessitamos para a produção das nossas bikes. Acreditamos, sim, que é possível ser eficiente e ser sustentável”, finaliza o engenheiro.

Leia Também

No post here!