Empresa de Arquitetura Cria Fazenda Vertical no Coração de Paris

A fazenda vertical Urbanana traz para a cidade luz, um novo conceito em arquitetura para a agricultura urbana.

A ONU prevê que a população mundial pode aumentar para 10,6 bilhões até 2050. Com populações superlotadas e a crescente emissão de CO2, o transporte de mercadorias de longa distância é cada vez mais contraproducente. Por isso, resta que a busca pela solução fique por conta de algumas empresas privadas. Exemplo disso é o escritório de arquitetura francês SOA, com a Urbanana: uma fazenda vertical de bananas no coração de Paris. 

A ideia da agricultura vertical não é exatamente nova: na antiguidade, o grande visionário Rei Nabucodonosor II encomendou um jardim suspenso na Babilônia. Além disso, o conceito de produção agrícola em massa em paisagens urbanas, foi sonhado por futuristas e escritores de ficção científica já na década de 1950.

Como Funciona a Fazenda Vertical Urbanana

Imagem do interior da fazenda vertical: vasos movem-se em uma esteira para garantir uma distribuição uniforme da luz. (Divulgação/SOA Architects)

Projetada para estar na Champs Elysées, a fazenda vertical Urbanana abrigaria cerca de seis andares de plantas, rendendo 146 toneladas de frutas por ano. A estrutura de vidro foi projetada para se adaptar ao ambiente urbano e pode ser inserida em espaços residenciais de diferentes dimensões.

De acordo com o site Hydromag, a produção da safra será operada por rotação em cadeia, com bananeiras em vasos movendo-se em uma esteira para garantir uma distribuição uniforme da luz e do fluxo de ar.

Divulgação/SOA Architects

Para além de uma área de colheita e tratamento de resíduos ao nível do solo, restaurante e salas de exposição, cada andar será totalmente transparente, permitindo que a luz, natural e artificial, seja filtrada por todo o edifício.

No local, eles irão explorar e desenvolver todos os aspectos da fruta – desde o uso da casca para fazer notas bancárias, utilizando a essência da fruta para criar produtos cosméticos e terapêuticos, até educar os visitantes sobre a história da banana.

Fazenda Vertical já é uma Realidade?

Divulgação/SOA Architects

Por mais impressionante que seja Urbanana, a realidade de que existam arranha-céus voltados para a agricultura urbana substituindo a convencional, infelizmente, ainda está muito distante. E a razão se resume ao grande custo econômico.

Em primeiro lugar, imóveis de primeira linha no centro de cidades como Paris tendem a não ser muito baratos. Em segundo lugar — e o mais importante — a luz artificial requer bastante eletricidade. Embora o design de Urbanana permita um amplo suprimento de luz natural, a variedade artificial ainda é crucial para permitir a produção durante todo o ano.

A fazenda vertical Urbanana estaria situada na Champs Elysées, uma das avenidas mais importante de Paris. (Divulgação/SOA Architects)

Um experimento conduzido em 2008 pelo pesquisador Ted Caplow (do grupo sem fins lucrativos New York Sun Works), tentou avaliar a eficácia do uso de energia puramente renovável para alimentar uma estufa hidropônica flutuante (ancorada em Manhattan).

Ele descobriu que para gerar eletricidade suficiente usando painéis solares, a fim de alimentar uma fazenda exclusivamente interna, é necessário que exista um espaço que seja aproximadamente 20 vezes maior do que a área a ser iluminada. 

Por isso, até que o consumidor esteja preparado para pagar um prêmio por suas frutas e vegetais, o trabalho do fazendeiro convencional, está seguro por enquanto.

Divulgação/SOA Architects
Artigo
Título
Empresa de Arquitetura Cria Fazenda Vertical no Coração de Paris
Resumo
A fazenda vertical Urbanana traz para a cidade luz, um novo conceito em arquitetura para a agricultura urbana.
Author
Publisher Name
Portal Ekko Green
Publisher Logo