fbpx
Continua após a publicidade..

Arquitetura Sustentável: O Que É e Como Projetar (+7 Projetos no Brasil e no Mundo)

Neste artigo vamos explicar o conceito de arquitetura sustentável, junto com os prícipios básicos e trazer exemplos de projetos no Brasil e no Mundo. Confira!

O que é arquitetura sustentável?

A arquitetura sustentável é um conjunto de práticas e técnicas de construção que têm como objetivo minimizar o impacto ambiental da edificação, promovendo a eficiência energética, a geração de energia limpa, a utilização de materiais renováveis e a redução do desperdício.

Benefícios da arquitetura sustentável

Os benefícios da arquitetura sustentável são muitos. Além de reduzir o impacto ambiental, pode gerar economia de energia e água, proporcionar conforto térmico e acústico, melhorar a qualidade do ar interno e valorizar o imóvel.

Os princípios da arquitetura sustentável

Abaixo você encontra alguns dos princípios da arquitetura sustentável que visam criar espaços construídos que sejam ecologicamente responsáveis, economicamente viáveis e socialmente benéficos. Ao adotar esses princípios, podemos contribuir para a preservação do meio ambiente, promover a qualidade de vida dos usuários e construir um futuro mais sustentável.

Análise do entorno:

arquitetura sustentável

A análise do entorno é um dos princípios fundamentais da arquitetura sustentável. Envolve estudar e compreender o contexto e as características ambientais, sociais e culturais de um determinado local antes de projetar um edifício ou empreendimento. Isso inclui considerar a topografia, a vegetação, a disponibilidade de recursos naturais, a infraestrutura existente e outros aspectos que podem influenciar o projeto.

Uso sustentável do terreno:

Arquitetura Sustentável blog

O uso sustentável do terreno refere-se a otimizar a utilização do espaço disponível, evitando o consumo excessivo de terrenos e a preservação de áreas verdes. Isso pode ser alcançado por meio de técnicas como o uso de construções compactas, a compartimentação adequada do espaço e a incorporação de áreas verdes e espaços abertos para promover a qualidade de vida e a conexão com a natureza.

Planejamento detalhado e integrado:

Arquitetura Sustentável blog

Um planejamento detalhado e integrado envolve a consideração cuidadosa de todos os aspectos do projeto, desde a fase de concepção até a construção e operação. Isso inclui a colaboração de profissionais de diferentes áreas, como arquitetos, engenheiros, paisagistas e especialistas em sustentabilidade, para garantir que o projeto atenda aos objetivos sustentáveis de forma eficiente.

Adaptação às condições climáticas com desenho bioclimático:

O desenho bioclimático é uma abordagem que considera as condições climáticas locais para projetar edifícios que sejam energeticamente eficientes e confortáveis para os ocupantes. Para climas frios, são adotadas estratégias como isolamento térmico, aproveitamento de energia solar passiva e sistemas de aquecimento eficientes. 

Arquitetura Sustentável blog

Em climas quentes e secos, são utilizadas técnicas de sombreamento, ventilação natural e uso de materiais com alta inércia térmica. Já em climas quentes e úmidos, o foco é na ventilação cruzada, no controle da umidade e no uso de materiais resistentes à umidade.

Eficiência energética:

Arquitetura Sustentável blog

A eficiência energética é um aspecto crucial da arquitetura sustentável. Isso envolve o projeto e a implementação de estratégias para reduzir o consumo de energia durante todas as fases do ciclo de vida do edifício. Isso pode incluir o uso de isolamento térmico adequado, janelas eficientes, sistemas de iluminação com baixo consumo energético, equipamentos de climatização eficientes e o aproveitamento de fontes renováveis de energia, como painéis solares ou sistemas de energia geotérmica.

Eficiência hídrica:

Arquitetura Sustentável blog

A eficiência hídrica diz respeito ao uso responsável e conservação da água em projetos arquitetônicos. Isso inclui o design de sistemas eficientes de captação e reutilização de água da chuva, o uso de dispositivos economizadores de água, como torneiras e chuveiros de baixo fluxo, a implementação de sistemas de irrigação sustentáveis e a conscientização sobre o uso racional da água por parte dos usuários.

Uso racional dos materiais:

Arquitetura Sustentável blog

O uso racional dos materiais é um princípio fundamental da arquitetura sustentável, visando reduzir o desperdício e minimizar o impacto ambiental. Isso envolve a seleção de materiais duráveis, recicláveis ​​e de baixo impacto ambiental, bem como o uso eficiente dos recursos disponíveis. Além disso, é importante considerar a redução de resíduos de construção e a utilização de materiais de fontes renováveis.

Paisagismo sustentável:

Arquitetura Sustentável blog

O paisagismo sustentável engloba a integração harmoniosa do ambiente natural com o ambiente construído. Isso inclui o planejamento de espaços verdes, a seleção de plantas nativas e adaptadas ao clima local, a redução da impermeabilização do solo, o uso responsável de recursos hídricos e a promoção da biodiversidade.

Análise do ciclo de vida:

Arquitetura Sustentável blog

A análise do ciclo de vida é uma abordagem que considera os impactos ambientais de um edifício ou empreendimento ao longo de sua vida útil. Isso envolve avaliar o consumo de recursos, a emissão de gases de efeito estufa, a geração de resíduos e outros impactos desde a extração de materiais, fabricação, construção, uso e eventual demolição. A análise do ciclo de vida ajuda a identificar oportunidades para reduzir o impacto ambiental global do projeto.

Leitura recomendada

Em Busca de Uma Arquitetura Sustentável

Arquitetura Sustentável blog

Capa comum – 1 janeiro 2009

Exemplos de projetos de arquitetura sustentável no Brasil e no Mundo

Centro de Natureza Ambiental e Pré-escola, Newport Beach, Califórnia

Arquitetura Sustentável blog

Este projeto é voltado para crianças de 2 a 5 anos e tem como objetivo fornecer educação focada na experiência prática na natureza. O edifício, construído com materiais naturais e reciclados, aproveita o clima costeiro para favorecer a ventilação natural e gerar até 60% mais energia do que o necessário através de painéis solares. Medidas de eficiência hídrica, como acessórios e torneiras eficientes, reduzem o uso de água potável em 35%​.

Biblioteca Central de Austin, Austin, Texas

Arquitetura Sustentável blog

Este projeto foi concebido com dois objetivos principais de sustentabilidade em mente: ser a biblioteca mais iluminada do país e servir como modelo de conservação de água para edifícios na região. Um átrio de seis andares fornece iluminação natural para mais de 80% dos espaços ocupados regularmente, e um sistema de captação de água da chuva fornece água para a irrigação das árvores e instalações sanitárias​.

SESC 24 de Maio

SESC 24 de Maio

Não poderíamos terminar essa lista sem um famoso exemplo nacional! Fica no centro, que foi considerado um dos bairros mais legais do mundo. O SESC 24 de Maio ficou em primeiro lugar na categoria Institucional (Edificação), do 7º Prêmio Saint-Gobain de Arquitetura-Habitat Sustentável. O edifício foi projetado por Paulo Mendes da Rocha junto com o escritório MMBB Arquitetos

Os indicados foram avaliados em aspectos de conforto, soluções inovadoras, preservação do meio ambiente e promoção da sustentabilidade da construção civil brasileira.

Escola Reggio, Madri, Espanha

Escola Reggio, Madri, Espanha

Este projeto educacional conseguiu reduzir o uso de materiais em 48%. No exterior, 80% da fachada da escola é revestida de cortiça, um material natural que favorece a biodiversidade. A superfície irregular da saliência de cortiça foi projetada para permitir a acumulação de matéria orgânica, transformando o edifício em um habitat para diversas formas de vida, desde fungos microbiológicos até animais​.

The Plus, Noruega

The Plus, Noruega

Projetado pelo arquiteto Bjarke Ingels, este é o primeiro edifício industrial a receber a classificação “Excelente” no Breeam (Método de Avaliação Ambiental de Estabelecimento de Pesquisa em Edifícios). De acordo com Ingels, a fábrica libera 50% menos gases de efeito estufa do que instalações comparáveis. As quatro alas do edifício se estendem até um parque público de 1 km projetado para atrair funcionários e visitantes a desfrutar da natureza​​.

Continua após a publicidade..

Desafios e perspectivas da arquitetura sustentável no Brasil

Apesar dos desafios enfrentados no Brasil, como a falta de incentivos governamentais, a baixa conscientização da sociedade e a falta de conhecimento técnico por parte dos profissionais, a arquitetura sustentável tem um futuro promissor. A crescente conscientização da sociedade, juntamente com a implementação de políticas públicas e iniciativas privadas, indicam uma mudança positiva. 

Arquitetura Sustentável blog

O desenvolvimento e a adoção de tecnologias verdes estão aumentando, permitindo a criação de edifícios mais eficientes. Portanto, a tendência é a valorização cada vez maior de práticas que respeitam o meio ambiente, consolidando a arquitetura sustentável como uma necessidade para garantir um futuro mais limpo e sustentável.

Conclusão

A arquitetura sustentável é uma importante estratégia para a construção de um futuro mais limpo e saudável. Ela permite a utilização de fontes renováveis de energia, a redução do impacto ambiental das edificações, e a valorização do imóvel. No Brasil, ainda há muitos desafios para o desenvolvimento da construção sustentável; entretanto, há uma perspectiva de um futuro mais promissor.

As pessoas também perguntam (FAQ):

Quais são algumas técnicas de construção sustentável?

Algumas técnicas de construção sustentável incluem construção em terra, construção em madeira e coberturas verdes.

Quais são as principais certificações e normas de sustentabilidade?

Entre as principais certificações e normas de sustentabilidade estão LEED, BREEAM e AQUA-HQE.

Qual o papel do arquiteto na arquitetura sustentável?

O arquiteto tem papel central na construção sustentável, incorporando práticas e princípios de sustentabilidade desde a concepção inicial do projeto até a escolha de materiais e métodos de construção.

Os arquitetos devem considerar o impacto ambiental do edifício, a eficiência energética, a conservação da água, a qualidade do ar interno e o uso de materiais sustentáveis e recursos renováveis. 

Redação EkkoGreen

Redação EkkoGreen

A equipe do Portal Ekko Green é dedicada à causa da sustentabilidade. Nosso foco é trazer informações precisas e inspiradoras, sempre buscando as últimas tendências no mundo verde. Acreditamos no poder da informação para criar um futuro mais sustentável.

Designer Cria Micro Turbina Eólica Dobrável que Captura o Vento de Qualquer Direção

Conheça o Ar Condicionado que Funciona Apenas com Energia Solar

Turbinas Eólicas de Eixo Vertical Que Resistem a Furacões

EkkoGreen Newsletter

Descubra um Mundo Mais Verde!

A cada edição, trazemos a você histórias inspiradoras, inovações em energia limpa, veículos elétricos, arquitetura sustentável e muito mais.