fbpx

Fachada Solar de Arranha-Céu Australiano Terá 1182 Painéis Solares

O edifício australiano será o primeiro no país a utilizar a recente tecnologia da fachada solar, sendo totalmente auto-sustentável.

A Austrália em breve ganhará o primeiro arranha-céu com fachada solar da história do país. De acordo com a empresa de tecnologia alemã Avancis, serão ao todo 1182 painéis solares revestindo a estrutura que ficará localizada na cidade de Melbourne.

A recente tecnologia irá garantir que cada um dos painéis utilizados tenham a mesma espessura que outros painéis convencionais de filme fino. Porém, a diferença será que neles estarão inseridas células solares.

Características do Arranha-Céu Com Fachada Solar

Energia Solar, noticias Austrália

Segundo Pete Kennon, arquiteto responsável pelo projeto, todo o edifício com fachada solar foi planejado para ser auto-sustentável. Por isso, é possível aproveitar a eletricidade produzida pelos painéis e usá-la imediatamente. 

“Isso é muito diferente de edifícios que estão compensando sua energia no local com parques solares ou eólicos remotos. Como a eletricidade não precisa percorrer centenas ou milhares de quilômetros, é mais eficiente e ajuda a reduzir a tensão na rede”, explica Kennon.

Ambos os sistemas de aquecimento e refrigeração do edifício com fachada solar funcionarão com eletricidade dos painéis solares.

O projeto será o mais recente a usar painéis fabricados pela Avancis, que produz cada painel de vidro com a mesma espessura de uma fachada comum e com a presença de células solares de filme fino. 

Por isso, as peças não se parecem com os painéis solares típicos de telhado e nem é aparente que a  fachada tenha geração de energia solar. Cada módulo pode ser ajustado em comprimento e montado no modo retrato ou paisagem. A potência varia de 110W a 140W com eficiência de até 13,3%.

Energia Solar, noticias Austrália

O sistema — que consegue produzir 50 vezes a energia de um painel solar fotovoltaico médio usado em residências —, canaliza a eletricidade gerada para a fonte de alimentação principal do edifício.

Como a maior fonte de consumo de energia em Melbourne geralmente é o ar-condicionado, Kennon usou uma versão sólida dos painéis em uma parede para ajudar a protegê-la do calor. 

Esse artifício permite economizar a quantidade de energia necessária para o resfriamento do local. Ambos os sistemas de aquecimento e refrigeração do edifício com fachada solar funcionarão com eletricidade dos painéis solares. 

Vantagens de Se Construir Com Uma Fachada Solar

Este tipo de fachada solar deve ser usado em mais edifícios

Materiais de construção como cimento e aço, além do próprio processo de construção em si, geram uma grande quantidade de emissões de carbono para qualquer edifício. 

Mas como o novo arranha-céu gerará mais energia renovável do que precisa — eliminando cerca de 70 toneladas métricas de emissões de CO² por ano — Kennon diz que pode “pagar sua dívida de carbono” em poucos anos, devido a seu potencial sustentável.

“Este tipo de fachada solar deve ser usado em mais edifícios. Em projetos de grande escala, principalmente em locais com grande acesso à luz solar, a absorção (e geração) de energia solar é uma ferramenta valiosa para a preservação do meio ambiente. Por isso, é urgente que renovemos nossas tecnologias de construção para métodos mais sustentáveis”, finaliza.

Atualmente o projeto está passando pelos estágios finais de obter aprovação dos órgãos reguladores da cidade. Orçado em US$ 40 milhões de dólares australianos, a previsão é que a obra tenha início em 2023.

Usinas de Energia Solar Atraem R$ 4 bilhões em Investimentos no Tocantins

Kits de Eletrificação Serão Fornecidos Pela General Motors

Bicicleta Elétrica: Como Funciona, Vantagens e Desvantagens (2022)