fbpx

Usina Solar Transforma Água do Mar Em Água Potável No Quênia

Inovação com usina solar foi desenvolvida pela empresa finlandesa Solar Water Solutions (SWS)

Diante dos inúmeros problemas gerados pela falta de abastecimento de água potável em determinados países, como o Quênia, uma empresa finlandesa de usina solar desenvolveu uma inovação capaz de transformar a realidade de milhões de pessoas que sofrem com a escassez desse bem necessário.

A Solar Water Solutions (SWS) garantiu através de uma tecnologia exclusiva, um dessalinizador via usina solar, a fim de converter a água do mar em potável.

A solução da SWS abre esperança para oferecer água potável essencialmente ilimitada, via usina solar.

Além disso, a inovação ainda atua sem emissões de carbono e com custo operacional zero, ou seja, extremamente sustentável e autossuficiente.

O primeiro experimento com o dessalinizador via usina solar vem sendo realizado na cidade de Kitui, no Quênia, por meio de uma parceria com o grupo holandês Climate Fund Managers. O principal objetivo nesta ação é garantir água potável para 400 mil quenianos, moradores de áreas rurais até 2023.

Para isso foram enviadas 200 unidades do dispositivo para a costa litorânea da cidade.

O sistema do dessalinizador via usina solar da Solar Water Solutions fica dentro de um contêiner, inclusive, seu funcionamento energético se dá por meio de painéis solares.

De acordo com um novo relatório do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 2,2 bilhões de pessoas não têm serviços de água tratada.

Lembrando que aproximadamente 70% do planeta é constituído por oceanos, o que representa 98% da água em todo mundo. Diante disso, a solução da SWS abre esperança para oferecer água potável essencialmente ilimitada.

Como funciona o dessalinizador via Usina Solar?

Água, noticias Quênia

O sistema do dessalinizador via usina solar da Solar Water Solutions fica dentro de um contêiner, inclusive, seu funcionamento energético se dá por meio de painéis solares.

Água, noticias Quênia

A técnica utilizada para tirar o sal da água é a osmose reversa e para que não haja problemas de contaminação para as águas receptoras, a salmoura é descartada de forma correta, evitando possíveis danos ecológicos.

Só em Kitui serão transformados entre 4.000 e 7.000 litros por hora de água do mar em potável, ampliando assim, o acesso seguro à água potável aos quenianos.

Novo Campus da Google Tem Painéis Solares em Formato de Escama

Cooler Ecológico é Criado Para Substituir Caixa de Isopor

Japoneses Criam Scooter Elétrica Com Espaço Para Pets