fbpx

Asfalto Permeável Promete Acabar Com Os Alagamentos Nas Cidades

Asfalto permeável promete acabar com um dos problemas mais avassaladores das cidades brasileiras, as enchentes.

Em períodos chuvosos, milhares de famílias passam por situações de risco, devido às inundações recorrentes da falta de escoamento. Pensando nisso, pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) desenvolveram um tipo de asfalto permeável, cujo objetivo é evitar alagamentos por meio do seu sistema de absorção de água.

O novo asfalto permeável tem característica altamente porosa, já que conta com a mistura de pedras, cal e da própria lama asfáltica, entretanto, não perde a capacidade de resistência à carga.

Asfalto permeável já foi instituído no estacionamento da USP

asfalto

O projeto recém-descoberto já foi instituído no estacionamento da USP, garantindo um acompanhamento de perto, da qualidade e resistência da pavimentação pelos seus próprios pesquisadores.

Ainda segundo um dos responsáveis pelo desenvolvimento do asfalto permeável, o professor José Rodolpho Martins do Departamento de Hidráulica, o projeto ainda garante o armazenamento da água coletada em reservatórios implantados abaixo do revestimento, que inclusive, passam por um sistema de drenagem.

Dessa forma, além de acabar com o problema da enchente, também é possível contar com o reaproveitamento da água da chuva.

Como Funciona o Asfalto Permeável?

O novo asfalto permeável tem característica altamente porosa, já que conta com a mistura de pedras, cal e da própria lama asfáltica, entretanto, não perde a capacidade de resistência à carga.

A implantação da pavimentação à prova de enchentes é feita em duas etapas:

  1. Primeiramente, pedras menores são colocadas juntas pelo asfalto formando uma camada simples e compacta;
  2. Logo em seguida, pedras maiores são depositadas na superfície já coberta pelas pequenas, garantindo assim uma camada mais grossa.

A junção dessas duas camadas permite um reservatório com capacidade de 25% de absorção.

A equipe da USP ainda realizou um teste na unidade com auxílio de um caminhão pipa. Na ocasião, o asfalto permeável levou aproximadamente duas horas para absorver cerca de 3 mil litros de água depositada no local.

Primeira versão do asfalto permeável.

Além disso, a superfície se manteve apenas úmida durante o processo de absorção, sem apresentar poças d’água.

Apesar de todos esses benefícios, o custo do novo pavimento ainda é considerado elevado, 25% a mais do que o convencional. A expectativa é que o asfalto permeável se torne mais barato em transições de maior escala.

Veja mais sobre!

Novo Campus da Google Tem Painéis Solares em Formato de Escama

Cooler Ecológico é Criado Para Substituir Caixa de Isopor

Japoneses Criam Scooter Elétrica Com Espaço Para Pets