fbpx

Carro Elétrico Com Painel Solar e 695 KM De Autonomia É Lançado Por R$ 1,3 Milhão

O carro elétrico da Lightyear será capaz de rodar quase sete meses em regiões com alta incidência solar, sem precisar de recarga.

A fabricante startup Lightyear, apresentou de forma oficial seu primeiro modelo de veículo elétrico capaz de ser alimentado através da energia solar. O modelo simplesmente chamado de Lightyear 0, foi anunciado no dia 9 de junho e deve entrar em produção ainda em 2022.

O modelo promete ser revolucionário e único. Dessa forma, a Lightyear investiu pesado no seu conceito. O veículo, de acordo com a fabricante, fará até 625 km com uma carga completa de bateria, tendo a maior autonomia entre todos os modelos, elétricos e a combustão.

Nesse 625 km de autonomia, estão inclusos a carga adicional gerada pelos seus 5 m² de placas de captação solar, que garante uma autonomia extra de 70 km ao veículo, totalizando os 625 prometidos

carro elétrico com painel solar

As placas solares são capazes de alimentar a bateria por meses consecutivos, sem  a necessidade de ter que plugar o carro em uma tomada ou estação de carregamento.

Considerando que alguém faça em média 35 km por dia, uma carga completa poderá durar até 7 meses em lugares ensolarados e cerca de 2 meses em locais mais nublados. Essa variação da duração tem a ver com a capacidade de captação de raios solares através dos painéis.

Qual a autonomia do carro elétrico Lightyear 0?

Com uma autonomia tão ampla, fica claro que esse era um dos principais objetivos da marca. Inclusive, com apenas um hora de carregamento, o veículo poderá rodar até 35 km. A chamada carga rápida poderá ser feita em qualquer tomada convencional, inclusive.

Mobilidade, noticias

Para tal, sua bateria de 60 kWh gera energia para os quatros motores do 0, gerando um torque de 175,4 kgfm e tendo potência de 174 cavalos. Indo de 0 a 100 km/h em aproximadamente 10 segundos.

Para garantir toda essa velocidade e desempenho, a carroceria do 0 foi estrategicamente planejada, tendo apenas 0,19 de coeficiente de resistência aerodinâmica. A título de comparação, o Tesla Model S, tem 0,21 e o Mercedes EQS com 0,20. Até então o modelo mais aerodinâmico do mundo. 

Seu interior também é totalmente ecologicamente correto. Seu volante é fabricado com couro sintético, seu estofamento é em microfibra e as peças são feitas de fibra de carbono e a partir de garrafas recicladas. Além disso, seu design é minimalista, trazendo ainda mais estilo para o modelo.

Mobilidade, noticias

Com tudo isso, fica claro que esse luxuoso e futurista veículo seria um tanto quanto “caro”. Seu primeiro lote será de 946 unidades e inicialmente será vendido na Europa. Seu custo será de 250 mil dólares por unidade, aproximadamente 1,3 milhão de reais na cotação atual.

Outras marcas já tentaram um caminho parecido, como a Sono Motors no ano de 2016, entretanto o projeto não chegou a ver a luz do dia e muito menos iniciar a fase de produção, como a Lightyear.

Usinas de Energia Solar Atraem R$ 4 bilhões em Investimentos no Tocantins

Kits de Eletrificação Serão Fornecidos Pela General Motors

Bicicleta Elétrica: Como Funciona, Vantagens e Desvantagens (2022)