fbpx

Celta é Transformado em Carro Elétrico Com 500 Baterias de Notebook

A transformação do antigo automóvel em carro elétrico foi realizada por técnico em automação no Paraná.

Já pensou reutilizar peças de informática para fazer o bem ao planeta? É o que fez um técnico em automação ao transformar seu antigo Celta 2001 em um carro elétrico, reutilizando 500 baterias de notebook e um motor industrial.

A conversão de veículos movidos a combustíveis fósseis em elétricos não é um feito inédito. Diversas empresas, como a gigante General Motors, estão se movimentando para criar kits de eletrificação e garantir que a frota total de carros convencionais se tornem 100% emissão zero.

Como Se deu a Ideia de Transformar um Celta em Carro Elétrico?

Mobilidade, noticias Paraná

Diferente das grandes empresas, o técnico em automação paranaense Tiago Slaga não teve acesso a equipamentos de última geração para tornar seu antigo Celta em carro elétrico. Contou somente com sua criatividade e a reutilização de materiais.

De acordo Slaga em entrevista para o portal Mobiauto, a ideia surgiu após assistir alguns vídeos de conversão similar na internet. Como já tinha manejo com manutenção industrial, imaginou como poderia adaptar um motor industrial para um automóvel, afinal, nunca viu nada parecido.

Mobilidade, noticias Paraná
Mobilidade, noticias Paraná

“Então iniciei alguns testes em bancada e verifiquei que era possível alimentar o motor industrial através de baterias utilizando um inversor de frequência”, concluiu o dono do projeto, que ainda teve de realizar algumas adaptações para conseguir alimentar o motor.

“Primeiro passo foi retirar o motor original para pegar todas as medidas e fazer a flange, que acopla o motor ao câmbio. Foi uma parte crítica, pois tudo tem que ficar muito bem alinhado”, explicou Slaga.

A primeira tentativa para que o carro funcionasse, o técnico utilizou baterias de chumbo inseridas no porta-malas. Apesar de ter funcionado, o recém carro-elétrico teve um potencial de autonomia muito baixo — somente 15 km —, o que não o tornaria viável para se locomover. 

Mobilidade, noticias Paraná
Baterias de notebook do carro elétrico

Após detectar que se aumentasse o número de baterias, tornava o carro muito pesado, além de terem uma vida útil muito pequena, Tiago se deu conta que a solução mais viável seria utilizar baterias de íons de lítio. 

“O problema é que as células novas de lítio são muito caras e iriam inviabilizar o projeto. Foi aí que comecei a ver a possibilidade de usar células recicladas de baterias de notebook”, explica. Com a descoberta, passou a procurar baterias aptas a serem utilizadas durante um ano, quando por fim, conseguiu a tão sonhada mobilidade sustentável com seu Celta 2001.

O Celta Elétrico tem ao todo 455 baterias de notebook antigas, com planos de expansão para 500 baterias (o que equivale a 3 mil células de recarga em um carro elétrico convencional). Dessa forma, o automóvel garante 100 km de autonomia com recarga total em 10 horas e motor industrial entregando 12,5 cavalos de potência.

Riscos de Baterias de Notebook em Um Carro Elétrico

Celta transformado em carro elétrico

Apesar de parecer simples, é preciso muito cuidado ao realizar a conversão de um automóvel comum em carro elétrico utilizando baterias de notebook. 

De acordo com Ricardo Takahira, engenheiro e especialista em elétricos e híbridos da AEA (Associação Brasileira de Engenharia Automotiva), utilizar peças usadas ou recicladas pode ser perigoso.

“Embora sejam iguais do lado de fora, por dentro a composição delas é diferente e, se passar dos 60°C, o risco de incêndio é grande”, explica. Por isso, o especialista pondera a importância de realizar esse procedimento conforma as regularizações do Detran.

“A gente se preocupa com as conversões, mas não podemos desmotivar os entusiastas que fazem. Por isso, o ideal é que o dono do projeto siga os procedimentos corretos e use os materiais corretos no momento da conversão, além de levantar a documentação e regularizar o veículo”,  finaliza.

Usinas de Energia Solar Atraem R$ 4 bilhões em Investimentos no Tocantins

Kits de Eletrificação Serão Fornecidos Pela General Motors

Bicicleta Elétrica: Como Funciona, Vantagens e Desvantagens (2022)