Hortelã: Para Que Serve, Como Usar e Como Plantar

Neste artigo vamos te mostrar os para que serve e como plantar hortelã. Além de exemplos de como usar essa poderosa erva. Confira!

A hortelã é uma planta bem diversificada, sua principal característica é o sabor refrescante. Utilizado para compor pratos refrescantes como saladas e coquetéis como o Mojito, na culinária se usa muito também no quibe, 

Já uma das propriedades médicas mais conhecidas e utilizadas é para o alívio de congestão nasal e para o alívio de tosses em quadros de gripes e resfriados. 

Além do uso nas receitas, tradicionalmente é muito usada em chás. Na indústria alimentícia seu principal uso é em chicletes e balas. 

O cultivo da hortelã é bem simples, só precisa de bastante água, dias ensolarados para que cresça em abundância.

Para que serve?

A hortelã comum, também conhecida como Mentha spicata, é uma erva medicinal e aromática, com propriedades que ajudam a tratar problemas digestivos, como má digestão ou enjoo. Essa planta também tem efeitos calmantes e expectorantes.

A hortelã é uma planta que pode ser utilizada tanto como tempero como para fins medicinais. Excelente para problemas estomacais, mas deve ser evitado em caso de hérnia de hiato, gestantes, lactantes e menores de 5 anos. Já que a planta tem o mentol pode causar asfixia e falta de ar.

Na indústria alimentícia ele é muito usado me balas e chicletes, atualmente existem mais de 25 espécies de hortelã, a diferença entre elas, está nas folhas, caules, coloração, sabor e odor.

Tabela Nutricional

Hortelã Fresca

Hortelã Desidratada

Porção de28g
Valor energético80kcal6%
Carboidratos0g0%
Proteínas0g0%
Gorduras totais0g0%
Gorduras Saturadas0g0%
Gorduras trans0g**
Fibra alimentar0g0%
Sódio0g0%

Quais são os benefícios da Hortelã?

A hortelã pode ter vários benefícios para saúde, já que ela é rica em vitaminas A, C, B6, E, K, também tem ácido fólico e riboflaviana. Ele pode ser ingerido ou inalado, de qualquer maneira ele tem ações antifúngicas, antibacteriana e anti-inflamatória.

Ele pode melhorar várias ações cognitivas como resolução de problemas, raciocínio, julgamentos, atenção, memória e formação de conceitos.

Melhora a digestão, já que relaxa os músculos estomacais, melhora o fluxo da bile, alivia a síndrome do intestino irritado tratando a dor. 

O aroma da hortelã ajuda a abrir as vias respiratórias, facilitando a respiração, ela também alivia sintomas de gripes e resfriados, graças a ação descongestionante. Também é excelente expectorante, diminui a tosse e dor de garganta.

Graças a sua ação anti-inflamatória e antipruriginosa ele também melhora coceira na pele, aplicando sobre a pele ele pode acalmar a urticária.

Para o hálito, ele combate as bactérias que causam as cáries, ela também alivia dores musculares, dores de cabeça e de estômago. É um excelente relaxante muscular, alivia náuseas e também previne o câncer.

Quais são as maneiras de usar a hortelã?

Ela pode ser usada em várias apresentações chá, folhas secas ou verdes, óleo essencial, cápsulas e cosméticos.

Para fazer o chá de hortelã, coloque 3 col de sopa de folhas de hortelã em 250 ml de água fervente. Abafe por 5 minutos, coa e beba. O consumo pode ser de 2 a 4 vezes ao dia.

As folhas secas ou verdes, no caso das folhas elas podem ser usadas para chá e temperos. Como tempero ela pode ser usada em saladas, ele combina com leguminosas, abobrinha, salada de frutas, carne, kibes e batidas.

Óleo essencial muito usado para massagens relaxantes e na aromaterapia para aliviar dores musculares, desobstruir vias respiratórias, aliviar alergias e melhorar a concentração.

As cápsulas de hortelã têm maior concentração do produto, excelente para tratar problemas digestivos. 

Nos cosméticos seu principal uso é como antisséptico para pele e como um excelente revigorante.

Como Fazer Chá de Hortelã?

Separe uma colher de sopa de folhas de hortelã. Coloque uma xícara de água para ferver. Quando estiver fervendo, coloque a hortelã e tampe. Deixe em infusão entre cinco e dez minutos, coe e beba. O melhor horário para consumir este chá é durante a digestão.

Tipos de hortelã

  • Hortelã da água (Mentha aquatica)
  • Hortelã-pimenta (Mentha piperita)
  • Hortelã-japonesa (Mentha arvensis)
  • Poejo (Mentha pulegium)
  • Hortelã-maçã (Mentha suaveolens)
  • Hortelã-da-ribeira (Mentha cervina)
  • Hortelã-silvestre (Mentha longifolia)

Ramos de hortelã podem ser encontrados em campo aberto, na natureza, pois esse gênero é bastante espalhado e resistente. Abaixo apresentamos algumas das hortelãs mais comuns, com algumas indicações que facilitarão o seu reconhecimento.

Hortelã comum ou hortelã das hortas (Mentha spicata)

É a hortelã de folha miúda, mais escura, que se encontra facilmente nas feiras e supermercados. Boa para chá, suco e tempero de carnes e saladas. Deliciosa em molho de macarrão. É uma plantadeira, de crescimento rápido, que faz touceiras de até 1 metro de altura, tem flores brancas ou cor de rosa.

foto: wikipedia.org

Hortelã da água (Mentha aquatica)

É das hortelãs, aquela que nasce e resplandece na beira dos córregos, poças e brejos. Precisa de água constante, terra encharcada. Forma moitas grandes, densas e altas que podem chegar até 1,5 metros de altura. Com flores pequenas, rosadas e lilases, em pequenos buquês apertados. Onde está menta viceja, sempre é usada em curas tradicionais, sendo boa para questões de estômago, digestão difícil, catarros de pulmão e afins.

Hortelã-pimenta

Ainda que as plantas pertençam ao mesmo gênero (Mentha), são duas espécies diferentes. Portanto, para simplificar, o melhor é experimentar, já que o sabor muda.

Enquanto a hortelã é mais forte e ardida, com folhas estreitas e pontiagudas, a menta é suave e tem folhas mais alargadas.

Pode ser comprada em lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação e em alguns mercados e feiras livres, e pode ser comprada na forma natural ou sob a forma de sachês para fazer chás ou infusões, ou na forma de cápsulas ou de óleos essenciais.

Hortelã-japonesa (Mentha arvensis)

Também é conhecida como hortelã-brava ou hortelã-doce, e é de todas, a que faz moitas mais rasteiras, mantendo-se normalmente até os 60 centímetros de altura. Tem flores brancas, rosadas ou lilases, grudadas no caule, encima das folhas. Também é muito rica no óleo essencial de mentol e, normalmente é usada na cozinha e na medicina popular.

foto: wikipedia.org

Poejo (Mentha pulegium)

O poejo também é menta apesar de não ser hortelã. Espécie rasteira, de folhas muito miúdas e odor suave, com flores pequenas, rosadas, que crescem junto ao caule, acima das folhas, cujas moitas podem atingir até os 50 cm de altura. É uma planta que requer muita água, por isso cresce, na natureza, em locais úmidos ou encharcados, e na beira de córregos ou lagoas. É muito usada na medicina popular, principalmente nas cólicas infantis, porém, deve ser evitada pelas grávidas, pois é potencialmente abortiva. É menos usada na culinária, mas tem seu valor considerado como aromatizante de bebidas, e até como repelente de insetos, como pulgas.

foto: wikipedia.org

Hortelã-maçã (Mentha suaveolens)

Esta é a menta de folha grande, também conhecida como hortelã-brava pois se reproduz facilmente por rizomas ou galhos, bastante invasora, ocupando espaços significativos dos jardins onde é plantada. Muito resistente às variações climáticas, essa variedade é também usada na culinária e na medicina popular.

foto: wikipedia.org

Hortelã-da-ribeira (Mentha cervina)

Se reproduz na beira da água, em regime de meia sombra, sendo sua formação rasteira e baixa, não ultrapassando os 30 centímetros de altura. Suas folhas são estreitas, verde-escuras e rústicas, ásperas ao toque. É usada em preparados medicinais e como condimento.

foto: wikipedia.org

Hortelã-silvestre (Mentha longifolia)

Tem folhas compridas, estreitas, com flores lilases, brancas ou roxas, dependendo da sua maturação. Forma moitas grandes, de até 1,20 metro de altura. Como as outras variedades, esta também é bastante usada na medicina popular mas, raramente na culinária.

foto: wikipedia.org

Como Plantar A Hortelã?

A hortelã é uma erva que precisa de bastante água, mas o solo não pode ficar encharcado. Ela pode ser plantada em um vaso, ou jardineira, com sistema de drenagem, como furos para a liberação do excesso de água no solo.

De cultivo fácil a hortelã pode ser cultivada em pequenos espaços, vasos ou em jardineiras, muitas pessoas a utilizam para decorar ambientes. Ela ainda pode ser plantada com outras plantas para ajuda a espantar insetos com os pulgões e besouros. Plantas aromáticas podem ter seu perfume intensificado quando plantada junto com a hortelã.

O desenvolvimento da hortelã é muito rápido por isso, é necessário realizar o desbaste para controlar o crescimento da planta. Ela é uma planta rasteira que chegou ao Brasil trazida pelos japoneses, mas a maior parte das espécies veio da Europa.

As espécies mais comuns de serem encontradas são a hortelã é a Mentha Spicata ou hortelã-das-hortas e a Mentha Crispa, ou hortelã-pimenta. A sua escolha dependerá da sua finalidade de uso, a hortelã-pimenta tem o sabor mais acentuado e seu uso é indicado para chás e como medicamento.  Já a hortelã-das-hortas pode ser utilizada como temperos e como chá. 

A plantação pode ocorrer por sementes ou por meio de mudas.  As sementes podem ser encontradas em casas agropecuárias, as mudas são encontradas facilmente.  No caso do plantio da muda, coloque o galho em um copo de água até o surgimento de novas raízes, no início da primavera ou estação de chuvas.

Ambiente e luminosidade

A planta gosta de lugares mais ensolarados, por isso, se for plantar em vaso, coloque em locais que tenham luz direta, de preferência no período da manhã.

Se possível, posicione o plantio para o leste, para garantir luz solar, ele não suporta frio extremo, prefere um clima mais ameno e temperado.  Se for um ambiente que venta muito, procure proteger a planta do excesso de vento.

Solo

Se você for plantar em canteiros, o solo precisa ser fértil, com bastante matéria orgânica e de preferência em um local definitivo. Se for plantar em vaso, ele precisa ter furos no fundo para certificar que tenha a drenagem ideal.

Adubação

A melhor adubação é esterco de gado e deve ser aplicado antes do plantio. Para adubos de aves a quantidade deve ser menor. Faça adubações mensais e na fase de crescimento, caso perceba folhas amarelas ou estagnação aumente a adubação.

Espaçamento

Para plantar a hortelã as medidas ideias de espaçamento são, 0,4 metro entre as fileiras e 0,2 metro entre as plantas. Lembrando que esse é o espaçamento para um bom espaçamento entre um plantio de grande quantidade.

Irrigação

Ela precisa de irrigação ao menos duas vezes durante o dia, quanto mais água mais ela se desenvolve. De preferência no período da manhã ou no final do dia, em dias quentes mantenha o solo úmido.

Colheita

Após quarenta dias do plantio ela já pode ser colhida e sua produção dura o ano todo, corte acima de 5 centímetros do solo, o replantio deve acontecer a cada 5 ou 6 anos.

Como Conservar A Hortelã Por Mais Tempo?

  1. Limpe bem as folhas com água fria e remova as folhas podres.
  2. Seque bem as folhas com papel toalha e deixe os ramos ao vento para terminar de secar.
  3. Coloque o ramo de folhas limpas e secas em um copo com água. Cuidado para a água não entrar em contato com as folhas.
  4. Cubra o recipiente com um saco plástico de modo que fique frouxo para o ar circular e mantenha na geladeira.

Dica: Sempre remova as folhas com as mão, pois o contato com tesouras e facas podem oxidar as folhas.

Qual é o benefício do hortelã?

A hortelã pode ter vários benefícios para saúde, já que ela é rica em vitaminas A, C, B6, E, K, também tem ácido fólico e riboflaviana. Ele pode ser ingerido ou inalado, de qualquer maneira ele tem ações antifúngicas, antibacteriana e anti-inflamatória.

Como fazer chá de hortelã e para que serve?

chá de folhas de hortelã é bom para ajudar na digestão, para reduzir a náusea e o vômito e para acalmar o intestino. Ingredientes: 2 a 3 colheres de folhas frescas, secas ou trituradas; 150 ml de água fervente.

É bom comer folha de hortelã?

Fonte de proteína e fibra, a hortelã é rica em vitamina B, vitamina C, vitamina D e diversos minerais, como sódio, ferro, magnésio e potássio. Mastigar folhas de hortelã pode também auxiliar na prevenção do mau hálito e complicações bucais.

Artigo
Título
Hortelã: Para Que Serve, Como Usar e Como Plantar
Resumo
Neste artigo vamos te mostrar os para que serve e como plantar hortelã. Além de exemplos de como usar essa poderosa erva. Confira!
Author
Publisher Name
Portal Ekko Green
Publisher Logo