Navio Autônomo Viaja a Noruega Sem Emitir Poluentes

Cargueiro fará trajeto de 9 km entre as cidades norueguesas de Heroya e Brevik

Com o objetivo de diminuir o congestionamento das estradas e principalmente, reduzir a emissão de gás poluente na atmosfera, a empresa Yara International fará a primeira viagem com seu cargueiro elétrico autônomo, o Yara Birkeland.

O navio fará o trajeto sem tripulação ou comandante a bordo, entre os portos das cidades de Heroya e Brevik, percorrendo aproximadamente 9 km. Já a data que ocorrerá o percurso ainda não foi confirmada, mas especula-se que será ainda no final deste ano.

Com zero emissão de gás poluente, o Yara Birkeland foi idealizado, a fim de compensar o impacto ambiental provocado pelas atividades da empresa, que é fabricante de produtos químicos.

Além disso, uma viagem do cargueiro substitui 40 mil viagens de caminhão movidos a diesel por ano, garantindo assim, uma significativa redução na emissão de nitrogênio e dióxido de carbono, os principais gases responsáveis ​​pelo aumento do efeito estufa no planeta.

Vale lembrar, que o comércio marítimo corresponde a 3% das emissões nocivas, portanto, o uso de embarcações para esses fins costumam ser limitadas.

Funcionamento do navio autônomo

Sob as dimensões de 80 metros de comprimento e 15 metros de boca, o Yara Birkeland possui uma capacidade elétrica de 7 MWh, considerada mil vezes maior do que a de um carro elétrico, por exemplo.

O Yara Birkeland conta com uma poderosa bateria, que garante cerca de 11-12 km/h e na velocidade máxima de 13 nós, aproximadamente 24 km/h.

Apesar de não ser o primeiro cargueiro autônomo do mundo, é o único que funciona 100% eletricamente. Além disso, o navio pode transportar 120 contêineres de 20 pés.

Mesmo com toda autonomia no oceano, o Yara contará com a monitoração em solo por três centros de controle de dados.

Leia Também

No post here!