Venda de Veículos Elétricos Dispara 57% na Europa

Na contramão dos veículos elétricos, a procura por carros a gasolina tem queda significativa.

A Europa vem registrando um índice até então inédito, o aumento significativo da venda de veículos elétricos junto à queda dos movidos a gasolina.

Apenas neste terceiro trimestre, um a cada cinco veículos vendidos foi eletrificado ou híbrido plug-in. Este aumento representa 57%, para um total de 212.000 unidades.

Já a queda dos carros a gasolina equivale a 35% acompanhada da redução de 40% dos veículos a diesel.

Estímulo aos carros elétricos

Esses índices demonstram a eficácia de um movimento, que vem sendo realizado no continente, o da eletrificação para atingir a meta antipoluição progressivamente rigorosa.

Além disso, ainda há o oferecimento de subsídios do Governo para a compra de veículos não poluentes.

A maior eletrovia do Brasil, instalada no Paraná pela Copel em 2018, completou 330 recargas neste ano. São 730 quilômetros de extensão, ligando o Porto de Paranaguá às Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu. Curitiba, 22/04/2019 – Curitiba, 22/04/2019 – Foto: Dani Catisti/Copel

Também vale destacar, que a partir de 2035, qualquer combustível fóssil será proibido nos países europeus, de acordo com a Comissão Europeia.

Dessa forma, a migração para os carros elétricos ocorrerá ainda mais rápida e efetiva.

Acordo da Comissão Europeia

A Comissão Europeia, órgão normativo da União Europeia, notificou as montadoras de veículos, que a partir de 2035, a venda de carros movidos à combustão estará proibida.

Apesar de a infraestrutura de carregamento pública de carros elétricos ainda ser considerada inferior à demanda que aumentará, o órgão acredita que com avanços no investimento público, a meta pode ser alcançada.

Neste acordo, até os carros híbridos serão proibidos, ficando permitido apenas os elétricos.

Veículos Elétricos No Brasil

Já no Brasil, a realidade é diferente. A adesão aos carros elétricos caminha tímida, atingindo apenas 2% das vendas do setor automobilístico, de acordo com pesquisa da Pesquisa SAE Mobilidade — Edição 2021, feita pela KPMG.

Em meio a esse índice, a estimativa é que até 2030, a venda de veículos elétricos no país aumente entre 12% e 22%.

Veja também, se vale a pena ter um carro elétrico no Brasil:

Leia Também

No post here!