fbpx

Caminhão Elétrico da Tesla Com 800 km de Autonomia Inicia Produção em Série

Após o lançamento de seu caminhão elétrico, a Tesla já recebe as primeiras encomendas do veículo que começará a ser fabricado no próximo ano

Após cinco anos do anúncio de seu primeiro caminhão elétrico, a Tesla finalmente dá sinal verde para o início de sua produção. Nesse caso, a montadora de Elon Musk já disponibilizou ao público a possibilidade de reservar e/ou fazer as primeiras encomendas do veículo de grande porte.

De acordo com a empresa, as fabricações do Semi, demoraram a se iniciar devido à escassez de peças de extrema importância para a estrutura do veículo. Felizmente, os modelos começarão a ser montados em 2023.

Características do Caminhão Elétrico da Tesla

Em relação a sua estrutura, o caminhão elétrico da Tesla tem um coeficiente aerodinâmico de 0,36.

O caminhão elétrico da Tesla vem com tecnologias idênticas ao sedã Model S, porém, adaptado para um veículo de carga. Quando sem carga, o caminhão tem uma autonomia de até 800 km. Já com apenas meia hora de carregamento, o veículo consegue completar 640 km.

Sem nenhuma carga, o caminhão tem um desempenho 0 a 100 km/h em apenas 5 segundos. Carregando um container de 36 toneladas, ele consegue fazer de 0 a 96 km/h em incríveis 10 segundos, o que comprova ser superior em agilidade se comparado a outros veículos de grande porte. 

Mobilidade, noticias tesla
Mobilidade, noticias tesla
Mobilidade, noticias tesla

Seu interior é bastante peculiar e moderna — como a maioria dos veículos Tesla: o banco do motorista está localizado no centro do habitáculo, que também está equipado com grandes telas touchscreen, passando uma visão futurista do caminhão.

Em relação a sua estrutura, o caminhão elétrico da Tesla tem um coeficiente aerodinâmico de 0,36. Isso faz com que tenha menor resistência do ar, gastando menos energia. 

Caso o motorista tenha uma emergência médica, o caminhão elétrico da Tesla vai ficar na sua faixa e desacelerar de maneira cuidadosa.
Mobilidade, noticias tesla

O baixo centro de gravidade do veículo, possibilitado pelo posicionamento da bateria, ajuda na sua estabilidade e também diminui a chance de capotamentos. O Semi tem uma proteção contra o efeito canivete, que é quando ocorre o bloqueio do eixo traseiro, resultando num deslizamento indesejado da carreta. Isso pode resultar em acidentes bem feios.

O modelo conta, ainda, com tecnologia Autopilot, desenvolvida pela própria Tesla. Ela permite ao condutor acionar tal sistema e ver seu caminhão andar sem precisar intervir. Além disso, com essa tecnologia é possível sincronizar um grupo de caminhões Semi para seguirem juntos e em fila, de modo que um acompanhe o ritmo dos demais.

Além disso, caso o motorista tenha uma emergência médica, o caminhão elétrico da Tesla vai ficar na sua faixa e desacelerar de maneira cuidadosa. Se quem estiver dirigindo não der nenhuma resposta, ele vai chamar uma ambulância.

Como Adquirir o Caminhão Elétrico da Tesla?

Mobilidade, noticias tesla

De acordo o mais recente comunicado da montadora, é preciso seguir algumas orientações para adquirir um modelo Semi. Inicialmente será necessário desembolsar US$ 5 mil (o equivalente a R$ 25 mil). 

Após dez dias do primeiro pagamento, é exigido um depósito de mais US$ 10 mil (R$ 75 mil), somando no total cerca de US$ 30 mil (ou R$ 100 mil, na cotação atual). 

Os valores altos do caminhão seriam, segundo a Tesla, rapidamente compensados, isso porque o dono de um Tesla Semi gastaria bem menos com combustível e, principalmente, com manutenção, economia que, segundo a fabricante, retornaria todo o investimento feito pelo comprador em cerca de dois anos.

Voltz Lança Primeiro Triciclo Elétrico De Produção 100% Brasileira

Trem Turístico Movido a Energia Solar Ligará Argentina a Machu Picchu

Startup Americana Cria Casa Auto-Suficiente Modular Que Não Usa Combustíveis Fósseis