fbpx
Continua após a publicidade..

Hidroponia: O Que É e Como Montar Passo-a-Passo (2023)

Descubra a ciência por trás da hidroponia, um sistema de cultivo sem solo revolucionário que está transformando a agricultura. Clique e confira!
hidroponia capa 02
Continua após a publicidade..

Bem-vindo ao mundo maravilhoso da hidroponia, onde o cultivo de plantas se transforma em uma experiência altamente eficiente e sustentável. Prepare-se para mergulhar profundamente no universo da hidroponia, onde ciência e natureza trabalham juntas para criar um método de cultivo que ultrapassa os limites do que é possível na agricultura convencional.

O que é Hidroponia?

A hidroponia, em sua essência, é um método de cultivo que não requer solo. As plantas são cultivadas em uma solução aquosa rica em nutrientes necessários para o crescimento. Isso significa que o sistema radicular das plantas não precisa buscar nutrientes no solo, já que estão diretamente disponíveis na água, facilitando sua absorção e crescimento mais rápido e saudável.

hidroponia

Este sistema de cultivo sem solo apresenta várias vantagens sobre a agricultura tradicional, incluindo a capacidade de produzir alimentos em locais onde o solo é inadequado ou inexistente, economia de água e melhor controle sobre os nutrientes que as plantas recebem. Essas características tornam a hidroponia uma excelente opção para a produção de alimentos em áreas urbanas, onde o espaço é limitado e o solo é muitas vezes inadequado para o cultivo.

História da Hidroponia

A história da hidroponia remonta à antiguidade. As primeiras civilizações a praticar formas de hidroponia foram os sumérios e os babilônios. Os Jardins Suspensos da Babilônia, uma das sete maravilhas do mundo antigo, supostamente utilizavam técnicas de hidroponia.

Jardins Suspensos da Babilônia hidroponia

No entanto, foi somente no século XIX que a hidroponia começou a ser estudada de maneira científica. Os pesquisadores começaram a entender que as plantas absorvem nutrientes essenciais como minerais solúveis na água e que o solo funciona apenas como um suporte mecânico.

Nos séculos XX e XXI, a hidroponia experimentou um crescimento significativo. Tornou-se uma prática comum em países com pouco espaço arável e é vista como uma solução potencial para a crescente demanda por alimentos em áreas urbanas.

Hidroponia Vs Agricultura Convencional

A hidroponia difere da agricultura convencional de várias maneiras, cada uma com suas próprias vantagens e desvantagens. A diferença mais óbvia é que a hidroponia não usa solo. Em vez disso, as plantas são cultivadas em uma solução aquosa rica em nutrientes. Isso tem várias implicações, incluindo a possibilidade de cultivar plantas em áreas onde o solo é inadequado ou inexistente.

Hidroponia Vs Agricultura Convencional

A hidroponia também permite um controle muito maior sobre as condições de crescimento das plantas. Isso inclui não apenas os nutrientes que as plantas recebem, mas também fatores como temperatura e umidade. Isso pode resultar em plantas mais saudáveis e produtivas, embora também exija mais monitoramento e manutenção do que a agricultura convencional.

Em termos de rendimento, a hidroponia pode produzir significativamente mais alimentos por metro quadrado do que a agricultura convencional. Isso é em parte devido à eficiência dos sistemas hidropônicos, mas também ao fato de que a hidroponia permite o cultivo de plantas em várias camadas ou em estruturas verticais.

Vantagens e desvantagens da Hidroponia

Vantagens da Hidroponia

Existem vários benefícios notáveis da hidroponia. O primeiro é a eficiência do uso da água. Como a água em um sistema hidropônico é recirculada, a hidroponia usa significativamente menos água do que a agricultura tradicional em solo. Isso a torna uma excelente opção para áreas propensas à seca ou com acesso limitado à água.

Agricultura Urbana blog

Além disso, a hidroponia permite um controle preciso sobre os nutrientes que as plantas recebem. Isso não apenas permite que as plantas cresçam mais rapidamente, mas também pode resultar em plantas mais saudáveis e produtos de maior qualidade. Além disso, como a hidroponia não requer solo, ela pode ser usada em áreas urbanas ou em qualquer lugar onde o solo é inadequado para a agricultura.

Por último, mas não menos importante, a hidroponia é uma forma de agricultura altamente escalável. Sistemas hidropônicos podem ser tão pequenos quanto uma única planta em um frasco de vidro ou tão grandes quanto uma fazenda comercial de vários acres. Isso torna a hidroponia uma opção viável para uma ampla gama de aplicações, de jardins caseiros a produção agrícola em larga escala.

Desvantagens da Hidroponia

hidrponia

Investimento inicial maior Os sistemas de cultivo em solo de pequena escala exigem menos ferramentas e, consequentemente, têm um custo inicial menor. No entanto, com a hidroponia, deve-se considerar o custo de uma estrutura, bombas, tanques, controles e um sistema de iluminação adicional, os quais não são necessários no cultivo em solo.

Maior consumo de energia No cultivo ao ar livre, a iluminação é provida pelo sol e a rega das plantas é frequentemente feita pela chuva, a menos que exista um sistema de irrigação. Em sistemas hidropônicos, bombas, iluminação, câmeras e sensores requerem eletricidade, o que aumenta o consumo e os custos com energia.

Necessidade de habilidades técnicas mais avançadas A hidroponia requer conhecimento em química, bem como habilidade para utilizar os sistemas de monitoramento e cultivo, além de um conhecimento básico sobre produção vegetal. Isso representa uma curva de aprendizado mais acentuada em comparação com o cultivo tradicional.

Tipos de Sistemas Hidropônicos

A hidroponia, que é a prática de cultivar plantas sem solo, emprega diversos sistemas de cultivo. Esses sistemas variam conforme o tipo de substrato utilizado (orgânico, inorgânico ou solução nutritiva), a circulação da solução nutritiva (sistemas estáticos ou dinâmicos) e a recirculação da solução para o reservatório (sistemas abertos ou fechados).

Vamos conhecer os principais sistemas hidropônicos:

Tipos de Sistemas Hidropônicos

Sistema de pavio (wick system)

Esse sistema simples geralmente é usado em vasos ornamentais. Nele, um vaso contendo a planta é ligado a um pequeno reservatório com solução nutritiva através de um pavio. A solução sobe por capilaridade, já que o reservatório está posicionado abaixo do vaso. Portanto, o sistema de pavio é um exemplo de sistema estático fechado.

Sistema flutuante (floating)

Também conhecido como aeração estática, cultivo na água ou DFT (Deep Film Technique), este sistema permite que as plantas flutuem em um tanque com a solução nutritiva. Placas de isopor com furos são usadas para manter as plantas separadas e apoiadas. Por ser um sistema estático, exige um grande volume de solução nutritiva e um sistema de aeração eficaz. É o principal sistema usado no Japão para o cultivo hidropônico de hortaliças folhosas.

Sistema de subirrigação

Como o nome sugere, neste sistema, a irrigação é feita de baixo para cima, com as plantas situadas em bandejas acima de um reservatório. O sistema de subirrigação é dinâmico e fechado, já que a solução nutritiva circula entre as bandejas algumas vezes ao dia, retornando ao reservatório.

Sistema NFT (Nutrient Film Technique)

Neste sistema, também conhecido como técnica do fluxo laminar de nutrientes, as plantas são cultivadas em canais perfurados. A solução nutritiva circula periodicamente (controlada por um temporizador) através desses canais, impulsionada por uma bomba, indo e voltando de um reservatório. Portanto, o sistema NFT é dinâmico e fechado.

Sistema de gotejamento

Este é um método dinâmico e geralmente aberto que funciona de maneira semelhante ao sistema de irrigação por gotejamento tradicional, com a diferença de que usa substratos alternativos ao solo, como serragem de madeira. É o sistema mais utilizado em Israel, especialmente em regiões desérticas.

Aeroponia

Este é um sistema tecnologicamente avançado no qual as raízes das plantas são suspensas no ar e recebem uma nebulização de solução nutritiva. Devido ao seu alto custo, a aeroponia ainda é pouco utilizada comercialmente.

O cultivo hidropônico no Brasil tem sido aprimorado e aperfeiçoado, levando a uma crescente produção de várias culturas, principalmente para consumo humano. Este método é vantajoso por proporcionar um ambiente protegido para o crescimento das plantas, além de permitir um cultivo mais denso em comparação com o convencional, em solo.

Como Montar Seu Próprio Sistema Hidropônico: Guia Passo a Passo

No vídeo acima, Bruno Palma discute como começar na hidroponia e quais materiais são necessários para iniciar. Ele aborda as dúvidas comuns que as pessoas têm ao começar, como o que comprar, por onde começar e como montar um projeto hidropônico.

Passo 1: Decida o que cultivar

A primeira decisão a tomar é o que você planeja cultivar. Como vimos, qualquer tipo de planta pode ser cultivada hidroponicamente, então a escolha do que cultivar se relaciona mais com suas aspirações e habilidades profissionais.

Se você está buscando iniciar um empreendimento moderno e promissor, a hidroponia pode ser a opção perfeita para você. Mas se você já é um agricultor experiente e está considerando expandir ou mudar seus negócios, a hidroponia pode abrir novos mercados para você. E se você cria gado, saiba que a hidroponia pode ser um ótimo método para cultivar forragens de alta qualidade para alimentar seus animais, combinando economia e eficiência.

Passo 2: Escolha o local do projeto

Embora um sistema hidropônico possa ser instalado em qualquer lugar, se você planeja vender seus produtos, é melhor situar sua hidroponia o mais próximo possível do seu mercado alvo. Isso simplificará a logística e reduzirá os custos de transporte. Além disso, a topografia do local deve ser levada em conta, sendo preferível um local com uma ligeira inclinação (cerca de 5%) e orientação favorável para aproveitar a luz solar.

Passo 3: Adquira os Materiais Necessários

É claro que você precisará de infraestrutura básica no local do seu cultivo hidropônico, como eletricidade e acesso a água de boa qualidade. Além disso, você precisará de uma estufa ou casa de vegetação para começar.

De acordo com orientações técnicas, é recomendável localizar todas as instalações (como reservatórios de água e nutrientes, bombas, túneis) perto da estufa. Também será necessário fazer planos para recursos de apoio, como pontos de energia e água.

Além disso, você precisará de um depósito para armazenar insumos e ferramentas. Se você planeja uma operação maior, pode ser necessário um espaço dedicado para administração, onde você pode realizar contatos comerciais, controlar finanças e monitorar o progresso do seu negócio.

Passo 4: Adicione as Plantas

Coloque as plantas no meio de crescimento e certifique-se de que as raízes estão em contato com a solução nutritiva.

Passo 5: Manutenção

Monitore o sistema regularmente para garantir que as plantas estão recebendo a quantidade adequada de nutrientes e luz. Verifique também o pH da água e ajuste conforme necessário.

A Importância das Estufas na Hidroponia

estufas hidroponia

Você pode se perguntar por que a hidroponia é feita em estufas. Uma grande vantagem da hidroponia é que ela permite o cultivo em um ambiente protegido e controlado, o que leva a produtos de melhor qualidade. A estufa, ou casa de vegetação, protege as plantas contra condições climáticas adversas como geadas e chuvas intensas e ajuda a regular a temperatura e a umidade. Além disso, as estufas desempenham um papel importante na prevenção de pragas e doenças, geralmente possuindo tela anti-insetos.

Principais variedades da Horta hidropônica

Há uma variedade de plantas que se desenvolvem bem em sistemas hidropônicos. Entre as mais comuns, destacam-se a alface, o morango e o tomate.

Alface Hidropônico

Agricultura Urbana blog

A alface tem um sistema radicular compacto, tornando-a perfeitamente adaptada para o cultivo hidropônico, especialmente no sistema NFT, amplamente utilizado ao redor do mundo. A sua natureza compacta permite uma densidade de cultivo maior, otimizando o uso do espaço.

Isso é evidenciado nas operações comerciais onde se veem as mudas de alface em primeiro plano e as alfaces maduras ao fundo. Usando o sistema NFT, até mesmo espaços pequenos, como varandas de apartamentos, podem ser aproveitados para o cultivo de alface.

Morango Hidropônico

Agricultura Urbana blog

A produção de morangos em sistemas hidropônicos é semelhante ao cultivo de alface, já que a planta se adapta muito bem a este ambiente.

Os morangos também têm um sistema radicular pequeno, que se ajusta bem ao método NFT. Com este sistema, é possível cultivar morangos em alta densidade em tubos de PVC, contanto que haja espaço suficiente para a frutificação e colheita.

Tomate Hidropônico

Agricultura Urbana blog

Ao contrário da alface e do morango, o tomate possui um sistema radicular mais extenso e agressivo. Portanto, o sistema NFT não é o mais indicado para o seu cultivo hidropônico. A densidade de suas raízes pode obstruir o fluxo de nutrientes no tubo de PVC.

Continua após a publicidade..

Nesse sentido, os tomates se adaptam melhor a sistemas hidropônicos que utilizam o gotejamento de nutrientes individual para cada planta ou a aeroponia. Esses sistemas permitem que as raízes do tomateiro se desenvolvam livremente, garantindo um crescimento e produção adequados, sem interferir na nutrição das outras plantas.

Casos de sucesso de hidroponia

  • Uso Sustentável de Água na Hidroponia: A hidroponia tem se mostrado uma prática agrícola que promove o uso sustentável da água. Segundo um artigo publicado pela Hidrogood, a hidroponia pode economizar de 50 a 70% da água disponibilizada às plantas, uma vez que as taxas de evaporação, escoamento superficial e percolação são significativamente reduzidas. Isso representa um grande avanço na conservação da água, um recurso cada vez mais escasso.
  • A Hidroponia como uma Opção Atraente: A hidroponia tem se mostrado uma opção atraente para a agricultura, especialmente em regiões onde a água é escassa. De acordo com um artigo do Clarín, um jornal argentino, a hidroponia usa 80% menos água do que os métodos tradicionais de agricultura. Isso não só economiza água, mas também permite a produção de alimentos em áreas onde a agricultura tradicional seria impossível.
  • Migração para o Cultivo Hidropônico: A hidroponia tem se mostrado tão eficiente que alguns produtores estão migrando do cultivo em solo para a hidroponia. Um artigo da Hidrogood apresenta casos de produtores que fizeram essa transição, destacando a eficiência e a produtividade da hidroponia. Esses produtores descobriram que a hidroponia pode produzir mais alimentos em menos espaço do que a agricultura tradicional, tornando-a uma opção atraente para a produção de alimentos.

Desafios da Hidroponia

Embora a hidroponia ofereça muitos benefícios, também existem desafios que devem ser considerados. Em primeiro lugar, o custo inicial de um sistema hidropônico pode ser alto, especialmente para sistemas maiores. Isso inclui o custo dos tanques de nutrientes, bombas, luzes de crescimento e outros equipamentos necessários para a operação de um sistema hidropônico.

Agricultura Urbana blog

Além disso, a hidroponia requer conhecimento e atenção constante. O equilíbrio de nutrientes e pH na solução deve ser cuidadosamente monitorado e ajustado conforme necessário para garantir o crescimento saudável das plantas. Qualquer falha no sistema, como uma bomba quebrada ou um corte de energia, pode resultar em danos rápidos e significativos às plantas.

Finalmente, embora a hidroponia use menos água do que a agricultura tradicional, ela ainda requer uma fonte de água confiável. Em áreas onde a água é escassa, isso pode ser um desafio.

Apesar desses desafios, muitos produtores encontram na hidroponia uma maneira inovadora e eficaz de cultivar plantas, e os benefícios podem superar em muito os desafios para muitos.

Tecnologia e Inovação em Hidroponia

A tecnologia e a inovação desempenham um papel crucial no avanço da hidroponia. A tecnologia moderna tem permitido melhorias significativas em áreas como:

  • Controle Ambiental: Sensores avançados e sistemas automatizados permitem o controle preciso de fatores ambientais como temperatura, umidade e luz.
  • Alimentação de Nutrientes: As tecnologias de irrigação e de monitoramento de nutrientes tornaram-se mais precisas, permitindo o controle exato do fornecimento de nutrientes.
  • Luzes de Cultivo: O desenvolvimento de luzes LED eficientes em termos energéticos tem permitido um melhor controle do espectro de luz, otimizando o crescimento das plantas.
  • Monitoramento e Análise de Dados: A Internet das Coisas (IoT) e as tecnologias de análise de dados têm permitido o monitoramento em tempo real e a análise detalhada dos sistemas hidropônicos, levando a melhorias contínuas no rendimento e na eficiência.

5 Curiosidades sobre Hidroponia

  • A hidroponia utiliza, em média, 70% a 90% menos água quando comparada ao cultivo convencional, pois a perda de água acontece apenas por evaporação. Além disso, é mais amiga do meio ambiente do que qualquer outro tipo de agricultura devido à retenção de água e substâncias nutritivas. Fonte
  • O cultivo hidropônico tem como base uma prática que não usa terra, sendo esta substituída por uma solução de água enriquecida com nutrientes. Graças ao seu baixo uso de recursos, revela-se uma opção mais sustentável em relação à agricultura tradicional. Fonte
  • A maior vantagem da hidroponia sobre a agricultura tradicional é o rendimento significativamente maior em menos tempo. Isso significa mais rotações de cultivos por ano e mais dinheiro nos bolsos dos produtores comerciais. Isso se deve ao fato de que as plantas hidropônicas podem usar o doble de nutrientes que as plantas no solo. Fonte
  • Embora o uso da água seja essencial, a hidroponia é basicamente uma técnica de cultivo sem a necessidade de terra. Em algumas variações dos sistemas de hidroponia, são utilizados como base meios inorgânicos, como lã de rocha e areia, ou então meios orgânicos, como serragem e fibra de coco. Fonte

Conclusão

Para concluir, a hidroponia representa uma mudança revolucionária na forma como pensamos sobre a agricultura. Com suas vantagens de economia de água, eficiência de nutrientes e a capacidade de cultivar alimentos em espaços confinados ou em solos não aráveis, a hidroponia tem o potencial de enfrentar muitos dos desafios enfrentados pela agricultura moderna.

No entanto, é importante lembrar que a hidroponia não é uma panaceia para todos os problemas agrícolas. É apenas uma ferramenta no arsenal do agricultor, que deve ser usada em conjunto com outros métodos de cultivo para garantir uma produção agrícola sustentável e eficiente.

Então, se você é um agricultor procurando diversificar suas práticas de cultivo, um jardineiro urbano buscando otimizar seu espaço limitado ou um entusiasta de ciência e tecnologia querendo experimentar com formas inovadoras de produzir alimentos, a hidroponia tem algo a oferecer. Esperamos que este artigo tenha despertado seu interesse e o encoraje a explorar o fascinante mundo da hidroponia.

FAQs sobre Hidroponia

A hidroponia é melhor que o cultivo tradicional? 

A hidroponia apresenta várias vantagens sobre a agricultura tradicional, incluindo maior eficiência na utilização de água e nutrientes, possibilidade de cultivo em áreas com solos inadequados e maior controle sobre o ambiente de crescimento das plantas.

É caro iniciar um sistema hidropônico? 

O custo inicial de um sistema hidropônico pode ser maior que o de um jardim tradicional, devido ao equipamento necessário. No entanto, a hidroponia pode ser mais econômica a longo prazo devido à sua eficiência e produtividade.

Quais plantas podem ser plantadas na hidroponia?

A maioria das plantas pode ser cultivada em sistemas hidropônicos, mas algumas são mais adequadas para esta forma de cultivo do que outras. Hortaliças e ervas são comumente cultivadas em sistemas hidropônicos, enquanto plantas de frutos, como tomates e pepinos, também podem ter bom desempenho.

Qual o tipo de hidroponia mais usada no Brasil?

O sistema mais utilizado e largamente difundido no Brasil é o NFT (Nutrient Film Technique).

Redação EkkoGreen

Redação EkkoGreen

A equipe do Portal Ekko Green é dedicada à causa da sustentabilidade. Nosso foco é trazer informações precisas e inspiradoras, sempre buscando as últimas tendências no mundo verde. Acreditamos no poder da informação para criar um futuro mais sustentável.

Empresa Fabrica Turbinas Eólicas Sem Lâminas Para Telhados 

Novo Sistema Fotovoltaico VECTHOR Entrega Alta Eficiência e Acessibilidade

Scooter Elétrica Precisa de Habilitação? Guia Completo (2024)

EkkoGreen Newsletter

Descubra um Mundo Mais Verde!

A cada edição, trazemos a você histórias inspiradoras, inovações em energia limpa, veículos elétricos, arquitetura sustentável e muito mais.