Incentivo a Hortas Comunitárias Se Torna Projeto de Lei em Goiás

O projeto de lei que garante hortas comunitárias, incentivará as práticas sustentáveis e consumo de alimentos livres de agrotóxico

Em Goiás, estimular a implantação de hortas comunitárias se tornou lei. 

Através de um projeto estadual de autoria do deputado Karlos Cabral, terrenos particulares e públicos estão sendo transformados em espaços sustentáveis para o cultivo de alimentos livres de agrotóxicos.

De acordo com o autor do projeto, esta ação visa incentivar práticas sustentáveis, promover a integração entre comunidade, além de garantir mais saúde pública, visto que os vegetais, legumes, ervas e frutas são todos orgânicos.

Além disso, o projeto prevê até a geração de renda através das hortas comunitárias, já que após o abastecimento da comunidade, o excedente produzido poderá ser comercializado.

Funcionamento das hortas comunitárias

As hortas comunitárias serão cuidadas pela própria população, já o governo entra com os custos de manutenção, assim como a disponibilização de terrenos públicos.

Cada comunidade escolhe o que plantar em seu espaço verde, inclusive, as práticas de compostagem e o reaproveitamento dos resíduos sólidos orgânicos devem ser priorizadas neste cultivo.

Mais hortas comunitárias pelo Brasil

Além de Goiás, através de iniciativas municipais, comerciais, associações e ONGs, várias hortas comunitárias já estão sendo espalhadas pelo Brasil.

Os projetos de implantação ainda são considerados multifuncionais, já que além de suprir as necessidades básicas da comunidade, como o abastecimento de alimentos e geração de renda, ainda transformam as paisagens das cidades.

Diante disso, outro problema bem recorrente nos municípios brasileiros acaba sendo resolvido, o descarte inadequado de lixo, entre outros materiais em terrenos baldios e locais públicos abandonados, já que estes se tornam áreas verdes repletas de vida e diversidade.

A integração de hortas comunitárias em escolas, também é outra proposta extremamente funcional, visto que garante o abastecimento da instituição com produtos orgânicos, mais economia no cardápio, inclusive, incentiva a educação ambiental entre os alunos.

Leia Também

No post here!