fbpx

Motos Elétricas Que Enchem o Tanque Com R$2 Tem Fila De Espera de 1 Ano

Com o aumento da gasolina e a redução no preço das motos elétricas, a venda desses veículos disparou no Brasil. 

O mercado de motocicletas elétricas cresceu 56% entre 2020 e 2021, segundo a Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). No ano passado, foram vendidas no Brasil 1.424 motos elétricas, scooters e triciclos.

O sucesso comercial do segmento é significativo, mas ainda representa uma pequena fração do mercado, que somou 1,1 milhão de emplacamentos em 2021.

A primeira fábrica brasileira de motociclos eléctricos, da empresa Voltz, foi aberta no final do mês de Maio em Manaus. A empresa foi criada em 2017 e agora dispõe de 11.000 m² de instalações no Distrito Industrial de Manaus, capital do Amazonas.

moto elétrica voltz

Com o  objetivo de produzir uma moto completa a cada cinco minutos, a empresa espera produzir 180.000 motos elétricas por ano, quando a fábrica atingir a capacidade máxima de produção.

O projeto foi avaliado em R$ 12 milhões, com um grande aumento na procura para justificar o investimento: só em 2022, a Voltz vendeu 1.838 motocicletas elétricas. Isto é maior do que todo o mercado de motos eléctricas em 2021, que consistia em 471 veículos emplacados em Abril.

A procura foi tão grande, que houveram mais pedidos do que unidades disponíveis, e alguns clientes reclamaram do tempo de espera: mais de um ano pela sua moto elétrica. Em apenas 15 dias, 2.000 automóveis EVS foram vendidos na pré-venda de Voltz, que começou em 2020. Alguns clientes só os receberam este ano.

Da pra encher o tanque da moto elétrica com R$ 2,00?

Considerando o custo para encher um tanque de 16L numa motocicleta de combustão com um motor de 125 cilindradas, chega a R$ 116 na cidade de São Paulo onde a gasolina está R$ 7 por litro. Comparado com o custo de uma carga completa para a versão de duas baterias da moto elétrica EVS, de cerca de R$2,00 – podemos notar economia de mais de 98%.

motos elétricas voltz

Enquanto uma moto movida a combustão leva menos de cinco minutos a encher o tanque, a recarga de uma moto elétrica demora cerca de cinco horas em uma tomada de 220V. A distância percorrida é também menor num veículo elétrico do que numa moto a gasolina: 180 KM contra 640 KM.

As motocicletas eléctricas são consideravelmente mais caras do que os seus concorrentes a gasolina. Chegando a custar o dobro do que uma motocicleta de 160 cm3, ou cerca de R$25.000. O preço de entrada de uma EVS é de R$19.990, mas uma scooter EV1 com uma velocidade máxima de 75 km/h custa R$14.990.

Esta despesa extra pode ser rapidamente recuperada através da poupança de dinheiro em despesas de manutenção e “combustível”.

carro hibrido capa

Carro Híbrido: Como Funciona e Principais Tipos (+4 Modelos Mais Vendidos)

Voltz Lança Primeiro Triciclo Elétrico De Produção 100% Brasileira

Trem Turístico Movido a Energia Solar Ligará Argentina a Machu Picchu