Energias Renováveis Aumentam Demanda de Profissionais Capacitados

Investimentos em energias renováveis aumentaram em 35% a demanda por profissionais da área.

Ainda que 51,6% de toda a energia do Brasil venha de combustíveis fósseis e 65,2% da rede elétrica brasileira seja proveniente de hidrelétricas, as buscas por energias renováveis estão cada vez mais altas de forma a não contribuem para o efeito estufa, responsável por causar as mudanças climáticas que vivemos com o aquecimento global. 

E num cenário de inseguranças energéticas, isso é um motivo a se comemorar, pois, nosso país é rico de recursos naturais que podem ser transformados em energia renovável.

O ponto negativo é que falta conhecimento acerca do assunto.

Procura de Profissionais Capacitados em Energias Renováveis

Das nações que mais estão investindo em energias renováveis, o Brasil está em 11º lugar no ranking, sendo que de 2019 a 2020, nosso país subiu quatro posições, de acordo com o Índice de Atratividade de Países em Energia Renovável (RECAI).

As renováveis ​​foram as únicas fontes de energia com aumento de demanda em 2020, superando a crise econômica em decorrência da pandemia de covid-19, mostra a Agência Internacional de Energia (IEA, em inglês).

No relatório de atualização do mercado, a agência indica que a expansão de fontes renováveis ​​de eletricidade, como a eólica e a solar, deve se tornar “o novo normal daqui para frente”.

Por conta dessa realidade, a demanda por profissionais qualificados cresce cada vez. De acordo com a empresa Michael Page, empresa líder mundial em recrutamento executivo de média e alta gestão, a procura desses profissionais cresceu 35% no primeiro semestre desse ano, em relação a 2020.

Os cargos mais procurados são gerente e diretor administrativos, gerente e diretor de projetos e gerente de desenvolvimento de projetos. Para a aplicação para essas vagas, é necessário dominar de forma técnica o conceito de projetos de infraestrutura, além de ter conhecimento pleno do mercado de energia.

Ainda segundo a consultoria, profissionais de manutenção e operações de ativos para energias renováveis sãos raros (afinal, ainda é baixo o número de ativos). Em função dessa nova realidade, instituições de ensino como a Escola Politécnica da PUCRS querem preencher essa lacuna no mercado nacional.
O curso contemplará todas as energias renováveis – incluindo a marítima e o hidrogênio verde. Além disso, o futuro profissional irá conhecer o funcionamento, infraestrutura, bem como o processo de construção e administração da energia para escoá-la até a população.

Leia Também

No post here!